Conheça 3 exercícios de Pilates para aliviar as dores na perna!

As dores nas pernas são muito comuns entre a população adulta e podem ser causadas por diversos fatores, como problemas de circulação, esforço físico excessivo, falta de flexibilidade e alongamento, dor ciática, entre outros motivos.

Antes de adotar qualquer tipo de tratamento, é fundamental passar em consulta com um médico para entender as causas da dor nos membros inferiores. Em geral, quando a dor nas pernas vem acompanhada de dormência e formigamento dos membros, é possível que o quadro esteja relacionado com a má circulação, mas somente um médico vascular pode dar este diagnóstico com precisão.

Quando as dores são musculares ou estão relacionadas ao sedentarismo, o ideal é procurar uma atividade física que promova o fortalecimento e o alongamento dos músculos. Neste caso, o Pilates é uma excelente opção.

O método tem diversos exercícios específicos para as pernas, que ajudam a aliviar aquela sensação de peso e dor nos membros inferiores. Além disso, o Pilates melhora a saúde das articulações e aumenta a mobilidade e a flexibilidade de músculos, ligamentos e tendões.

Para garantir uma progressão satisfatória no quadro, é essencial praticar os exercícios de forma constante, pelo menos três vezes na semana.

Veja 3 exercícios de Pilates eficazes para dores nas pernas

1 – Parede para cima – Este exercício consiste em esticar as pernas verticalmente, apoiando-as em uma parede, para movimentá-las. O objetivo é gerar retorno venoso, ou seja, melhorar a circulação sanguínea. Para realizar o exercício, basta deitar no chão, com os glúteos bem apoiados, e fazer movimentos com as pernas para cima e para baixo, promovendo o total alongamento dos membros.

2 – Elevação de quadril – Este exercício ajuda a fortalecer o músculo que fica na área posterior da coxa. Para realizá-lo, basta deitar no chão, flexionar os joelhos e manter os pés apoiados. Em seguida, eleva-se o cóccix, a perna e a lombar em direção ao teto. Faça um lado por vez.

3 – Giro – Este exercício deve ser feito com uma bola de Pilates. Deite-se no chão e coloque as duas pernas sobre a bola. Em seguida, gire o quadril para um lado e para o outro, contraindo a musculatura pélvica e lombar e deixando as pernas bem esticadas.

Estes exercícios ajudam a fortalecer as pernas, trabalham músculos das coxas e da parte interna dos membros inferiores e, consequentemente, aliviam as dores. Faça uma aula experimental na HT Pilates!

Pilates e Alongamento – Uma dupla perfeita para melhorar sua flexibilidade!

A combinação de Pilates e Alongamento é perfeita para aumentar a flexibilidade corporal, revertendo quadros de encurtamento muscular e favorecendo a mobilidade, o condicionamento e o bem-estar físico.

Estas duas atividades são essenciais para a população, pois evitam os prejuízos comuns que a vida moderna tem sobre o corpo, como as muitas horas de inatividade física em frente às telas de computadores, TVs e smartphones, que causam dores corporais, ganho de peso e problemas musculares e nas articulações.

No método Pilates, existem vários exercícios focados no alongamento corporal. As atividades ajudam a aprimorar a flexibilidade e amenizam problemas como desvios de postura, lesões ortopédicas, problemas motores e lesões musculares.

Um dos principais benefícios dos exercícios é justamente atuar para corrigir vícios posturais adquiridos por causa da rotina de trabalho e pelos hábitos de vida. O método amplia a capacidade de movimentação dos alunos, faz com que eles explorem músculos e articulações que, antes, sequer eram movimentados corretamente. Além disso, o Pilates e o Alongamento diminuem riscos de lesões em outros esportes de mais intensidade.

Os alongamentos aumentam as extensões musculares, melhoram as estruturas corporais, os reflexos e a mobilidade das articulações em geral. O alongamento combinado ao Pilates também melhora a capacidade de relaxamento, traz equilíbrio e aprimora a musculatura.

A prática é indicada em todas as idades, e de forma especial para idosos que já sentem os sinais da perda de flexibilidade e mobilidade no corpo. Os exercícios personalizados podem contribuir para a melhoria do tônus muscular e do condicionamento físico.

Alguns exercícios realizados no Pilates para otimizar a flexibilidade atuam especialmente na coluna, com alongamentos dinâmicos de fácil execução. Com a prática regular das atividades, o aluno sente o corpo ficando mais forte, alongado e flexível.

Para conhecer os benefícios e fazer uma aula experimental gratuita de Pilates, faça contato com a equipe da HT Pilates, no bairro de Pinheiros, em São Paulo!

O carnaval já passou, agora pegue firme na atividade física com Pilates 3 vezes por semana!

Muitos brasileiros têm o hábito de procrastinar decisões importantes, como, por exemplo, iniciar uma atividade física, perder peso ou adotar uma dieta alimentar mais saudável. Normalmente, a desculpa utilizada é a seguinte: vou começar depois do carnaval!

Pois bem, o carnaval, festa popular mais adorada do Brasil, já passou! Folia agora só no ano que vem. Mas a sua saúde precisa de atenção neste exato momento!

Então, que tal iniciar a prática regular de Pilates? Com apenas 3 aulas por semana, você já vai perceber diversas mudanças positivas no seu corpo e na sua mente!

O Pilates é um método extremamente completo e funcional, indicado para todas as pessoas, independentemente da idade ou condição física. A prática do Pilates trabalha a musculatura, promove consciência corporal, aprimora a postura, alivia dores, aumenta a flexibilidade e traz diversos outros benefícios.

Conhecendo o Pilates!

Se você não tem ideia de como é a prática do Pilates, confira aqui algumas informações importantes sobre esse método que vem mudando a vida de diversas pessoas pelo mundo:

O Pilates foi criado por Joseph Pilates, por volta de 1920, com o objetivo de possibilitar a prática de exercícios realizados com o peso do próprio corpo, trabalhando todos os músculos e promovendo condicionamento integral.

O método foi inicialmente pensado para restabelecer pacientes feridos de guerra. Joseph Pilates desenvolveu os exercícios utilizando todos os seus conhecimentos sobre fisiologia, yoga e medicina oriental. Seu programa de condicionamento foi baseado em exercícios de Pilates Solo, com foco na recuperação do tônus muscular.

Com o avanço e a atualização do método, foram criados outros tipos de exercícios de Pilates, como aqueles realizados com o auxílio de aparelhos. De uma forma geral, todos os exercícios de Pilates trabalham força, mobilidade e concentração.

A prática deste treinamento três vezes por semana é ideal para a reabilitação ortopédica, para o alívio de dores crônicas, para o fortalecimento do abdômen e para a saúde das articulações. Venha conhecer a HT Pilates!

Esportes para fazer na praia e Pilates, uma combinação para evitar lesões!

No período de férias, quem está acostumado a praticar esportes ou até mesmo as pessoas que encaram a atividade física como recreação, buscam algumas modalidades que são ótimas para a praia, como natação, futebol, vôlei de praia, futevôlei e agora o Beach Tênis, a sensação do momento.

O que muitas pessoas não levam em consideração é que a atividade na praia pode causar lesões, principalmente porque a areia cria muita resistência e exige mais da musculatura que não está acostumada. O Pilates pode ser necessário para reforçar os grupos musculares de cada modalidade, com a finalidade de evitar lesões, para afastar o perigo de ficar de molho nas férias por causa de dores ou fraturas.

A falta de orientação profissional, muito comum quando o assunto é esporte de praia, também pode aumentar as chances de lesões. As modalidades que causam impactos, como corrida, futebol e vôlei, podem gerar tendinopatia de Aquiles, canelite (estresse na tíbia) e fascite plantar, entre outras dores provocadas pela sobrecarga de exercícios realizados na areia fofa da praia.

Quem corre na areia muito rígida e não prepara a musculatura previamente também pode sofrer lesões, sentir dores e desconforto durante as férias.

No Pilates, o aluno faz aulas para o fortalecimento dos pés e tornozelos, com exercícios exclusivos para os joelhos (inclusive para rotação), para os músculos do assoalho da pelve e para o centro de equilíbrio, como abdômen e lombar. O fortalecimento é essencial para suportar uma temporada inteira de exercícios na praia.

O Pilates também ajuda a conhecer o próprio corpo através da propriocepção e da consciência corporal. Assim, o praticante consegue identificar algum desconforto antes de um estresse muscular evoluir para uma lesão. A consciência muscular também permite não exagerar, evitando movimentos ou esportes mais intensos.

Para praticantes de Beach Tênis ou natação, por exemplo, as aulas são voltadas para o fortalecimento dos ombros, braços, costas e peito. Com exercícios específicos, é possível trabalhar grupos musculares que sofrem mais sobrecarga em cada modalidade.

Além disso, as aulas são ótimas para melhorar a flexibilidade, um dos grandes aliados de quem quer evitar lesões, principalmente estiramentos musculares. Para não desperdiçar suas férias por causa de alguma lesão, previna-se e faça uma aula na HT Pilates!

Vai para a praia? Veja 5 exercícios de Pilates que ficam ainda melhores de frente para o mar!

Nada é mais restaurador do que um banho de mar. Estar em meio a natureza e mergulhar na água salgada são ações que revitalizam a mente e o corpo.

Já está provado que a água do mar ajuda a melhorar a circulação, alivia tensões musculares, renova a energia, estimula a oxigenação das células, tem efeito cicatrizante e muitos outros benefícios.

Estar na praia é uma ótima oportunidade para cuidar da saúde física e mental. Praticar meditação, pilates e yoga de frente para o mar contribui para o equilíbrio do corpo e da mente.

Então, se você vai para o litoral nas férias de verão, aproveite para colocar na sua rotina alguns exercícios bem simples de Pilates Solo, que podem ser praticados com tranquilidade.

Confira 5 exercícios de Pilates para fazer na praia:

Para praticar os exercícios de pilates solo de frente para o mar, você só vai precisar de um colchonete, um tapete ou uma canga, onde possa se deitar e se apoiar confortavelmente. Escolha um local tranquilo da praia, contemple a paisagem, faça um bom alongamento e comece os exercícios.

Exercício 1 – Perdigueiro – Coloque-se em posição com quatro apoios, mãos e joelhos apoiados no chão. Em seguida, alinhe a coluna e estenda o braço direito e a perna esquerda, ambos devem estar paralelos ao chão. Mantenha a posição e depois volte ao ponto inicial.

Exercício 2 – Elevação de Quadril – Comece o exercício deitado e com os dois joelhos flexionados, ou seja, os pés devem estar apoiados no chão. Em seguida, tire a lombar e as costas do chão e levante uma das pernas. Mantenha a posição, sempre prestando atenção na própria respiração. Depois, retorne para a posição neutra e realize o movimento com a outra perna. Este exercício fortalece os músculos da coxa, os glúteos e o abdômen.

Exercício 3 – Roll up – Este exercício é muito simples. Basta se sentar no tapete com as duas pernas esticadas. Em seguida, tente tocar os tornozelos com as mãos, mantenha a posição por alguns segundos e depois relaxe.

Exercício 4 – Round Back – Coloque-se em posição com quatro apoios, joelhos e mãos apoiados no chão. Em seguida, curve a coluna e contraia o abdômen. Sinta o alongamento da cervical e da lombar.

Exercício 5 – Ponte reta – Deite-se com o corpo alinhado e reto. Faça uma ponte com quatro apoios, mãos e pés devem estar em contato com o chão. Mantenha a posição e depois relaxe.

Lembre-se que todos os exercícios do Pilates têm como objetivo trabalhar sete princípios. São eles: concentração, respiração, alinhamento, precisão, fluidez, controle e centralização. Mantenha sua mente focada enquanto realiza os movimentos!

Ano novo, vida nova! Não deixe sua saúde para depois, conheça a HT Pilates!

A frase “Ano Novo, Vida Nova” não precisa ser apenas um clichê ou uma afirmação feita na noite de réveillon e esquecida no dia seguinte. É possível sim mudar a sua vida para melhor, conquistando mais disposição, qualidade de vida, saúde, bem-estar, motivação e felicidade.

Um simples passo pode te ajudar a dar início a um ano transformador: basta que você comece a praticar Pilates! Saiba como a modalidade pode revolucionar a sua vida e beneficiar a sua saúde!

Por que o Pilates é a modalidade certa para quem precisa mudar de vida?

Em geral, todas as pessoas que levam uma vida sedentária, estressante e com uma alimentação desregrada, sabem que precisam mudar, mas dar o primeiro passo em busca dessa mudança é sempre um desafio. No início de um novo ano, essas pequenas transformações acabam sendo fomentadas pelo sentimento de esperança e renovação que toma conta da população. Por isso, este é o momento perfeito para agir.

A recomendação é não esperar mais e aproveitar os primeiros meses do ano para procurar uma atividade física que proporcione prazer, relaxamento, condicionamento físico e, claro, saúde. O Pilates oferece isso e muito mais! Basta querer!

O método criado por Joseph Pilates trabalha os músculos do corpo, promove mais flexibilidade, garante a melhoria do tônus muscular e do contorno corporal. Além disso, por se tratar de um exercício bastante individualizado, o Pilates vai ao encontro das necessidades de cada praticante, aliviando tensões, melhorando a respiração e aumentando a resistência física.

Muito mais do que uma atividade física com resultados comprovados, o Pilates é também uma técnica que permite que o praticante conheça e sinta seu próprio corpo, adquirindo uma maior capacidade de concentração. A técnica ainda garante a troca progressiva da gordura pela massa magra.

O Pilates é a modalidade certa para quem precisa deixar o sedentarismo no passado, pois respeita o limite corporal de cada aluno e é facilmente adaptado para todos os biótipos. Os exercícios se tornam mais complexos conforme o aluno evoluiu na prática.

Não há pressão ou cobranças por resultados rápidos. Cada praticante segue seu ritmo. Venha conhecer a HT Pilates e apaixone-se pelo método!

Ano novo, vida nova! Não deixe sua saúde para depois, conheça a HT Pilates!

A frase “Ano Novo, Vida Nova” não precisa ser apenas um clichê ou uma afirmação feita na noite de réveillon e esquecida no dia seguinte. É possível sim mudar a sua vida para melhor, conquistando mais disposição, qualidade de vida, saúde, bem-estar, motivação e felicidade.

Um simples passo pode te ajudar a dar início a um ano transformador: basta que você comece a praticar Pilates! Saiba como a modalidade pode revolucionar a sua vida e beneficiar a sua saúde!

Por que o Pilates é a modalidade certa para quem precisa mudar de vida?

Em geral, todas as pessoas que levam uma vida sedentária, estressante e com uma alimentação desregrada, sabem que precisam mudar, mas dar o primeiro passo em busca dessa mudança é sempre um desafio. No início de um novo ano, essas pequenas transformações acabam sendo fomentadas pelo sentimento de esperança e renovação que toma conta da população. Por isso, este é o momento perfeito para agir.

A recomendação é não esperar mais e aproveitar os primeiros meses do ano para procurar uma atividade física que proporcione prazer, relaxamento, condicionamento físico e, claro, saúde. O Pilates oferece isso e muito mais! Basta querer!

O método criado por Joseph Pilates trabalha os músculos do corpo, promove mais flexibilidade, garante a melhoria do tônus muscular e do contorno corporal. Além disso, por se tratar de um exercício bastante individualizado, o Pilates vai ao encontro das necessidades de cada praticante, aliviando tensões, melhorando a respiração e aumentando a resistência física.

Muito mais do que uma atividade física com resultados comprovados, o Pilates é também uma técnica que permite que o praticante conheça e sinta seu próprio corpo, adquirindo uma maior capacidade de concentração. A técnica ainda garante a troca progressiva da gordura pela massa magra.

O Pilates é a modalidade certa para quem precisa deixar o sedentarismo no passado, pois respeita o limite corporal de cada aluno e é facilmente adaptado para todos os biótipos. Os exercícios se tornam mais complexos conforme o aluno evoluiu na prática.

Não há pressão ou cobranças por resultados rápidos. Cada praticante segue seu ritmo. Venha conhecer a HT Pilates e apaixone-se pelo método!

Conheça 3 exercícios de Pilates para fazer sozinho nas férias!

Está de férias? Enfim, chegou aquele momento do ano no qual é possível relaxar, descansar e olhar mais para você. Os merecidos dias de folga são uma valiosa oportunidade para fazer planos, repensar o seu estilo de vida e inserir em sua rotina um novo exercício físico, por exemplo.

As férias também são ótimas para se exercitar ao ar livre, mesmo que seja no quintal de casa ou na área verde do prédio. Você sabia que existem exercícios de Pilates que podem ser feitos em casa e sozinho? São posições que ajudam a relaxar, aliviar tensões e dores musculares e que aumentam o equilíbrio e a conexão entre corpo e mente.

Confira 3 exemplos de exercícios de Pilates para fazer em casa nas férias:

Round Back – Coloque um colchonete no chão, fique na posição com quatro apoios, ou seja, joelhos e mãos apoiados sobre o chão. Em seguida, curve a sua coluna, contraindo o seu abdômen. Alongue a lombar e a cervical, inspirando no momento da contração e expirando ao voltar à posição neutra.

Rolamento para cima – Deite-se no chão, mantendo seus braços e pernas estendidos. Em seguida, eleve as pernas para trás, até conseguir tirar a lombar do contato com o chão. Nesse momento, você deve usar a força do abdômen. Tente segurar a posição por 30 segundos e depois retorne à posição neutra.

Ponte reta – Deite-se no chão, com o corpo reto. Em seguida, faça uma ponte usando quatro apoios, mãos e pés no chão. Tenta manter a posição do corpo suspenso por cerca de 30 segundos, alinhando a coluna e contraindo o abdômen.

Estes exercícios fazem parte do Pilates Solo e ajudam a alongar o corpo, educar a sua respiração e a silenciar a sua mente, trabalhando a flexibilidade e a consciência corporal.

Faça os exercícios respeitando os limites do seu corpo, em um ambiente agradável e silencioso, onde seja possível se concentrar e se conectar com a sua própria mente. Para conferir mais dicas, continue acompanhando as publicações do blog da HT Pilates!

Como avaliar uma aula de Pilates Boa x uma aula de Pilates Ruim

Existem critérios que ajudam a avaliar e distinguir uma aula de pilates boa de uma aula de pilates ruim. De uma maneira geral, essa avaliação é feita levando em consideração a estrutura física do estúdio de pilates, a formação dos professores e, principalmente, a didática.

Para que uma aula de pilates seja realmente boa e eficaz para a melhoria da qualidade de vida e da consciência corporal, é preciso que os professores estejam em verdadeira sintonia com os alunos, transmitindo a eles um aprendizado profundo e qualificado. Para isso, é importante corrigir os alunos, fazer com que eles entendam de verdade os movimentos e conhecer os objetivos de cada um dentro da prática do pilates.

Para facilitar essa avaliação e ajudá-lo a diferenciar uma boa aula de uma aula ruim, separamos alguns pontos importantes e que merecem atenção no momento de se matricular em um estúdio de pilates. Confira as dicas e observe estes critérios na hora de escolher seu professor e sua aula!

Características de uma Aula de Pilates Boa:

  • Aprimora a execução dos princípios;
  • Proporciona aprendizado sobre o corpo e o que é necessário para os alinhamentos;
  • Tem objetivo bem definido;
  • A sequência de exercícios evolui de acordo com cada etapa da aula, criando uma lógica, ritmo e relação;
  • Proporciona atenção total na execução dos exercícios;
  • O estímulo muscular atinge um nível próximo do limite, respeitando cada indivíduo;
  • Existe uma relação começo, meio e fim.

Características de uma Aula de Pilates Ruim

  • Começa direto nos principais exercícios sem preparar o aluno;
  • Os movimentos são executados sem nenhuma preocupação de alinhamento;
  • Sem foco/objetivo;
  • Não existe uma sequência lógica, fazendo com que a aula não tenha ritmo;
  • Executa os movimentos sem perceber o que está acontecendo com o corpo;
  • O estímulo muscular é aquém ou além dos limites do aluno;
  • A parte inicial não dá subsídios para a parte principal, e a parte final não tem relação com a parte principal.

Se você está em busca de um estúdio de pilates realmente comprometido com seus alunos e que oferece professores especializados e com formação internacional, venha para a HT Pilates e tenha disposição sempre!

Está com dores no corpo por causa da postura no trabalho? O Pilates pode te ajudar!

Pesquisas revelam que três a cada quatro trabalhadores de países industrializados desenvolvem suas atividades profissionais de uma maneira sedentária. A constatação se deu, sobretudo, depois da proliferação dos computadores. O aparelho pode até agilizar o serviço, mas, se não existir o devido acompanhamento, pode colocar em risco a saúde do colaborador.

Quem permanece sentado, na mesma posição, por muito tempo, tem grandes chances de desenvolver problemas de postura. O equívoco, com o passar do tempo, pode gerar consequências desastrosas, como sérias lesões posturais. Dentre os profissionais altamente expostos aos riscos, podemos citar: secretários, telefonistas, bancários, balconistas, advogados, psicólogos, médicos, costureiros, professores, arquitetos, motoristas, entre tantos outros.

Uma boa saída para evitar as dores provenientes da má postura no trabalho é a prática do Pilates!

Danos provocados pela má postura

Apontada como uma das principais causadoras de lesões, a má postura provoca a sobrecarga de músculos e ligamentos que envolvem a coluna. Desta forma, essas regiões do corpo ficam expostas a ocorrências de torções ou estiramentos. Ao surgir como uma possível solução, o método Pilates ajuda em cuidados básicos, uma vez que fortalece, alonga, conscientiza e reeduca o organismo humano.

Os exercícios desenvolvidos em aula colaboram com a promoção da flexibilidade e do equilíbrio muscular. Os pontos fracos ou encurtados ganham maior mobilidade, evitando o estresse e aumentando o controle. Os movimentos são trabalhados lentamente e com precisão, o que assegura a boa postura global do indivíduo.

Os benefícios do método elaborado por Joseph Pilates incluem, ainda, a otimização da concentração, da coordenação motora e da consciência corporal. Desta forma, o aluno ganha um rendimento superior no ambiente de trabalho.

O alongamento axial

Existem pessoas que se “acostumam” com a postura errada. Isso ocorre, sobretudo, pois esses indivíduos permanecem na posição equivocada por tanto tempo, que é desta maneira que se sentem mais confortáveis. Sendo assim, quando o alinhamento corporal é assumido, através do Pilates, pode acontecer de o aluno ter uma sensação de desconforto ou, até mesmo, cansaço.

Em todo caso, o alongamento axial se faz imprescindível. Ele pode propiciar a redução das cargas compressivas sobre a coluna e, com isso, manter as articulações sempre saudáveis. Cuide de sua postura com a HT Pilates! Entre em contato!