4 motivos para fazer Pilates no inverno

Você precisa de um motivo para começar a fazer Pilates no inverno? Pois bem, neste artigo, vamos te apresentar 4 razões pelas quais você deve iniciar a prática de Pilates ainda nesta temporada de baixas temperaturas! Confira!

Os 4 principais benefícios do Pilates no inverno!

O Pilates é uma atividade praticada indoor, ou seja, você pode participar das aulas em um ambiente agradável, climatizado e especialmente preparado para o seu conforto e bem-estar. Além disso, o método ajuda a perder peso, traz mais equilíbrio mental, tonifica os músculos, melhora a postura e o condicionamento físico geral.

Mas estes não são os principais benefícios do Pilates no inverno. O método é ainda muito mais completo e positivo para a sua qualidade de vida e saúde!

Veja os 4 motivos para iniciar a prática do Pilates na estação mais fria do ano!

1 – O Pilates garante disposição, energia e bem-estar mental – O inverno é um período do ano no qual a ausência do sol e as baixas temperaturas tendem a fazer com que as pessoas fiquem menos dispostas, com baixo nível de energia e muito mais preguiça. O Pilates é uma modalidade que ajuda a driblar todos estes efeitos negativos e permite que você aproveite apenas o melhor dos dias de inverno, com muita disposição, alegria e bem-estar.

O método foi criado pelo alemão Joseph Pilates nos primórdios de 1900 e se consagrou como uma das atividades físicas mais completas do mundo, com exercícios diversificados, feitos no sistema solo ou em equipamentos. Qualquer pessoa pode praticar Pilates.

2 – Você gasta mais calorias ao se exercitar no inverno – Se você precisa perder uns quilinhos extras, saiba que o inverno é o momento certo para isso. Ao praticar uma modalidade esportiva em baixas temperaturas, é possível queimar até 30% mais calorias do que no verão. Com um gasto calórico maior, você vai conseguir alcançar sua meta de perda de peso mais rapidamente.

3 – O Pilates fortalece seu sistema imunológico – A prática rotineira de Pilates no inverno vai fortalecer sua imunidade e prevenir resfriados e doenças respiratórias. Além disso, o bem-estar promovido pela modalidade também vai beneficiar diretamente sua saúde mental, evitando quadros de ansiedade, estresse e, até mesmo, depressão. Você vai perceber que seu humor vai melhorar muito com o Pilates.

4 – Evite colocar seus resultados em risco – Se você parar de praticar exercícios durante o inverno, certamente, vai colocar em risco todos os bons resultados que alcançou durante o verão. Apenas 10 dias de sedentarismo no inverno já são suficientes para perder massa muscular e condicionamento físico, e você ainda pode ganhar peso. Praticar Pilates no inverno trará diversos benefícios físicos, motores e psicológicos. Experimente!

Coloque mais energia e luz nos dias frios e cinzas do inverno. Venha para a HT Pilates e faça uma aula experimental gratuita!

Fica mais indisposto no inverno? O Pilates pode te ajudar!

As temperaturas baixas do inverno são um convite para ficar em casa embaixo da coberta, não é mesmo? Mas lembre-se que, para o bem da sua saúde, é fundamental manter o corpo ativo também nos meses frios do ano.

Se você é daqueles que ficam indispostos no inverno e têm dificuldades para manter uma rotina de atividades físicas, saiba que o Pilates pode te ajudar!

Os benefícios do Pilates no inverno!

A prática de atividades físicas no clima mais frio ajuda a melhorar a imunidade do organismo, previne doenças, eleva a resistência física e ainda acentua a perda de peso, pois o corpo tende a queimar mais calorias no inverno para ficar aquecido. O Pilates vai manter seu alongamento em dia, vai aprimorar seu condicionamento físico, melhorar o seu sono e garantir mais energia.

Espante a preguiça e tenha mais disposição no inverno com Pilates!

Praticar Pilates no inverno é a melhor forma de garantir a saúde dos músculos e articulações, evitar dores no corpo e controlar o peso corporal. Ao fazer o Pilates três vezes por semana, você vai conquistar diversos benefícios, como:

  • A tonificação de pernas, membros superiores e abdômen;
  • Mais disposição para o dia a dia;
  • Fortalecimento do sistema imunológico;
  • Prevenção de doenças respiratórias;
  • Relaxamento muscular;
  • Mais condicionamento físico e flexibilidade;
  • Fortalecimento ósseo;
  • Alinhamento postural;
  • Mais concentração;
  • Mais sensação de bem-estar.

Vale lembrar que o Pilates é um método democrático, que pode ser praticado por pessoas de todas as faixas etárias e em diversas condições físicas.

Comece a praticar Pilates no inverno!

Se você está sedentário e precisa de uma atividade física de baixo impacto, agradável, que possa ser praticada em ambiente interno e que promova saúde, qualidade de vida e condicionamento físico, conheça o Pilates! Agende uma aula experimental gratuita na HT Pilates e mantenha-se disposto, aquecido e saudável!

Gosta de corrida? Evite lesões no inverno com o Pilates!

O número de praticantes de corridas vem crescendo a cada ano no Brasil, com grupos amadores, corredores de provas de rua e participantes de maratonas e meia-maratonas em diversas cidades e capitais. A corrida melhora a saúde cardiovascular, promove emagrecimento, fortalece articulações e músculos e aumenta os níveis de bem-estar e de felicidade.

Se você é adepto da corrida e quer manter o seu desempenho durante os meses mais frios do ano, confira algumas dicas importantes!

Pilates e corrida, uma combinação perfeita!

Para a obtenção de todos os benefícios promovidos pela corrida, os corredores precisam estar com um bom condicionamento físico e com os músculos fortalecidos. No inverno, os cuidados com a preparação física devem ser ainda mais intensos entre os praticantes de corridas, já que as temperaturas mais baixas aumentam o nível de rigidez do corpo e reduzem o fluxo de sangue nos músculos, o que pode elevar os riscos de lesões, estiramentos e distensões musculares.

A prática do Pilates é ideal para os corredores que desejam evitar lesões no inverno, pois o método trabalha a musculatura das costas, coxas, panturrilhas, região lombar e de outras áreas importantes para o desempenho dos corredores.

Tenha um inverno ativo e saudável!

Para passar pelo inverno de forma ativa, com as corridas semanais, inclua o Pilates em sua rotina. O método vai te ajudar a ter mais energia, condicionamento físico, estabilidade no tronco, alongamento e fortalecimento muscular.

Além disso, os exercícios de Pilates vão contribuir diretamente para aprimorar a sua performance durante a corrida. A prática também vai corrigir desalinhamentos corporais e vai evitar dores nas costas e rupturas de ligamentos.

Os exercícios são ótimos para quem precisa de força e flexibilidade para ter um desempenho aprimorado durante as provas. Agende uma aula experimental na HT Pilates e conheça todos os benefícios deste método de treinamento completo e que fortalece músculos importantes para a corrida, como adutores, glúteos, abdutores e panturrilhas.

Controle a respiração e aumente o relaxamento muscular durante o Pilates

Respiração é vida! Por isso mesmo, o ato de respirar adequadamente é muito importante em diversos momentos, principalmente durante a prática de atividades físicas como o Pilates. O controle da respiração aumenta o relaxamento muscular e a concentração, traz mais bem-estar, alivia a tensão e o estresse e melhora a consciência corporal.

O próprio criador do método Pilates, Joseph Pilates, afirmava que dominar a arte da respiração é fundamental para a nossa vida. A respiração faz a oxigenação do organismo, eleva os níveis de energia, reduz a sensação de ansiedade e promove um profundo relaxamento. Respirar da forma correta também ajuda a fortalecer o sistema imunológico.

Saiba como respirar durante as aulas de Pilates

Durante as aulas de Pilates, os próprios instrutores orientam os alunos sobre a melhor maneira de respirar. O ideal é que o aluno mantenha uma respiração controlada, profunda, contínua e lenta, com a inspiração e a expiração do ar.

A inspiração precisa ser feita pelo nariz, mantendo o abdômen contraído. Já a expiração deve ser realizada pela boca. Essa respiração ajuda a estabilizar a coluna, oxigenar o sangue e revigorar o organismo. 

Além disso, a respiração ritmada também minimiza a produção do hormônio cortisol, que, em altas concentrações, pode estressar o organismo e aumentar o nível da pressão arterial. O Pilates ajuda a reduzir o nível de cortisol e, com isso, melhora o bem-estar, promove equilíbrio físico e mental e garante mais qualidade de vida.

A respiração deve ser executada corretamente em cada movimento e postura do Pilates. O controle dos ciclos respiratórios traz mais concentração e atenção aos alunos, além de potencializar os efeitos positivos dos exercícios.

Com a respiração controlada no Pilates, você vai ter mais vitalidade, energia e disposição. Converse com o seu instrutor na HT Pilates e saiba mais sobre os benefícios da respiração!

Junho Vermelho: a importância da doação de sangue

Todos os anos, com a chegada do inverno, os bancos de sangue do país registram uma queda acentuada de doadores e, consequentemente, os estoques de sangue também se tornam menores. Para incentivar a doação neste período de baixas temperaturas, existe a campanha “Junho Vermelho”, desenvolvida em todas as regiões do Brasil.

Se você vive em São Paulo, Capital, já deve ter notado que alguns dos principais monumentos da cidade foram iluminados com a cor vermelha, em referência à campanha que incentiva a doação de sangue. O Memorial da América Latina e a Assembleia Legislativa, por exemplo, são dois lugares que receberam a iluminação especial.

O objetivo do Junho Vermelho é conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue e reforçar que este ato de amor salva vidas. Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha em 2017, os bancos de sangue do país apresentam uma queda de aproximadamente 30% em seus estoques durante os meses de temperaturas mais amenas. Essa queda tem um impacto direto no abastecimento de sangue para hospitais.

A campanha, organizada pelo Movimento Eu Dou Sangue, fomenta a doação de sangue e acontece em hemocentros e hemonúcleos de todo o Brasil. Saiba como participar dessa corrente do bem!

Como participar da campanha Junho Vermelho?

Para participar da campanha Junho Vermelho e doar sangue neste inverno, basta verificar os requisitos para ser um doador e localizar o hemocentro mais próximo da sua casa. Veja quem pode doar sangue:

  • Pessoas entre 16 e 69 anos de idade podem doar sangue;
  • Os doadores precisam pesar mais de 50 quilos;
  • No dia da doação, é importante fazer uma refeição leve;
  • Estar em boas condições de saúde;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas;
  • Apresentar documento de identificação com foto.

Pontos de doação de sangue em São Paulo

Quem mora em São Paulo e deseja participar da campanha Junho Vermelho, doando sangue para pessoas que realmente precisam dessa contribuição, pode visitar um dos pontos de doação e passar pela entrevista de triagem. Anote alguns endereços disponíveis e participe do Junho Vermelho!

Hemocentro da Santa Casa de São Paulo – Rua Marques de Itu, 579 – Centro. Informações pelo telefone: (11) 2176-7258.

Banco de Sangue Paulista – Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 46 – 14º andar. Informações pelo telefone: (11) 3048-8969.

Fundação Pró-Sangue/Posto Dante Pazzanese – Av. Dante Pazzanese, 500. Informações pelo telefone: 4573-7800.

Está com dor nas costas e nas pernas? O Pilates é ótimo para ajustar a postura e melhorar a qualidade de vida!

Existem vários motivos para dores nas costas e nas pernas. Em muitos casos, elas estão associadas à irradiação no nervo ciático e, além de causarem grande desconforto na região lombar, podem atingir os pés e as coxas.

O Pilates, uma prática para fortalecimento muscular e reeducação da postura por completo, organiza uma série de exercícios para as pernas e para as costas.

Além dos casos que atingem o nervo ciático, muitas pessoas sentem dores causadas pela lombalgia, com a sensação de estar com a coluna “travada”. Outros tantos problemas de dor nas costas e nas pernas são relatados por pessoas que estão na terceira idade, trabalhadores que ficam sentados ou em pé por muito tempo, praticantes de algumas modalidades esportivas que exigem bastante desempenho, entre muitos outros casos.

Não tem como escapar: as costas e as pernas são responsáveis por sustentar o nosso corpo e mantê-lo em equilíbrio e, por isso mesmo, precisam de alongamento, fortalecimento muscular, além de uma postura correta e saudável.

O Pilates ajuda a aliviar a dor nas costas, nas pernas e melhora a qualidade de vida

O tratamento para dores nas costas e nas pernas com o Pilates começa com a reeducação postural. A postura incorreta, que sobrecarrega a região lombar e força demais as articulações das pernas, é a principal responsável pela causa de dor. A prática de alguns exercícios já traz alívio imediato.

No caso de lombalgias, os médicos aconselham o tratamento com Pilates para ajudar na reabilitação do paciente. Os exercícios feitos em equipamentos individuais, com bola e com o apoio de professores com formação na área, são ideais para fortalecer a musculatura, criar a consciência corporal, aumentar a concentração dos alunos e trazer uma série de benefícios, como:

  • Aumento do equilíbrio corporal e da estabilidade da coluna;
  • Realização de movimentos mais precisos;
  • O aluno passa a adotar uma postura correta;
  • O praticante apresenta mais vigor físico;
  • Criação e manutenção da consciência corporal;
  • Flexibilidade com músculos muito bem alongados;
  • Exercícios para fortalecimento muscular.

O resultado do Pilates é ótimo para o alívio das dores nas costas e nas pernas porque a atividade envolve todos os grupos musculares, aumentando o espaço entre as vértebras da coluna e adicionando mais resistência física aos praticantes. Músculos mais fortes sustentam melhor o peso do corpo!

Muitos alunos que iniciaram a prática em busca de qualidade de vida relatam que as dores diminuíram muito ou, até mesmo, sumiram com as aulas regulares de Pilates.

Converse com o seu médico e faça uma visita à HT Pilates.

Conheça 3 exercícios de Pilates para aliviar as dores na perna!

As dores nas pernas são muito comuns entre a população adulta e podem ser causadas por diversos fatores, como problemas de circulação, esforço físico excessivo, falta de flexibilidade e alongamento, dor ciática, entre outros motivos.

Antes de adotar qualquer tipo de tratamento, é fundamental passar em consulta com um médico para entender as causas da dor nos membros inferiores. Em geral, quando a dor nas pernas vem acompanhada de dormência e formigamento dos membros, é possível que o quadro esteja relacionado com a má circulação, mas somente um médico vascular pode dar este diagnóstico com precisão.

Quando as dores são musculares ou estão relacionadas ao sedentarismo, o ideal é procurar uma atividade física que promova o fortalecimento e o alongamento dos músculos. Neste caso, o Pilates é uma excelente opção.

O método tem diversos exercícios específicos para as pernas, que ajudam a aliviar aquela sensação de peso e dor nos membros inferiores. Além disso, o Pilates melhora a saúde das articulações e aumenta a mobilidade e a flexibilidade de músculos, ligamentos e tendões.

Para garantir uma progressão satisfatória no quadro, é essencial praticar os exercícios de forma constante, pelo menos três vezes na semana.

Veja 3 exercícios de Pilates eficazes para dores nas pernas

1 – Parede para cima – Este exercício consiste em esticar as pernas verticalmente, apoiando-as em uma parede, para movimentá-las. O objetivo é gerar retorno venoso, ou seja, melhorar a circulação sanguínea. Para realizar o exercício, basta deitar no chão, com os glúteos bem apoiados, e fazer movimentos com as pernas para cima e para baixo, promovendo o total alongamento dos membros.

2 – Elevação de quadril – Este exercício ajuda a fortalecer o músculo que fica na área posterior da coxa. Para realizá-lo, basta deitar no chão, flexionar os joelhos e manter os pés apoiados. Em seguida, eleva-se o cóccix, a perna e a lombar em direção ao teto. Faça um lado por vez.

3 – Giro – Este exercício deve ser feito com uma bola de Pilates. Deite-se no chão e coloque as duas pernas sobre a bola. Em seguida, gire o quadril para um lado e para o outro, contraindo a musculatura pélvica e lombar e deixando as pernas bem esticadas.

Estes exercícios ajudam a fortalecer as pernas, trabalham músculos das coxas e da parte interna dos membros inferiores e, consequentemente, aliviam as dores. Faça uma aula experimental na HT Pilates!

Pilates e Alongamento – Uma dupla perfeita para melhorar sua flexibilidade!

A combinação de Pilates e Alongamento é perfeita para aumentar a flexibilidade corporal, revertendo quadros de encurtamento muscular e favorecendo a mobilidade, o condicionamento e o bem-estar físico.

Estas duas atividades são essenciais para a população, pois evitam os prejuízos comuns que a vida moderna tem sobre o corpo, como as muitas horas de inatividade física em frente às telas de computadores, TVs e smartphones, que causam dores corporais, ganho de peso e problemas musculares e nas articulações.

No método Pilates, existem vários exercícios focados no alongamento corporal. As atividades ajudam a aprimorar a flexibilidade e amenizam problemas como desvios de postura, lesões ortopédicas, problemas motores e lesões musculares.

Um dos principais benefícios dos exercícios é justamente atuar para corrigir vícios posturais adquiridos por causa da rotina de trabalho e pelos hábitos de vida. O método amplia a capacidade de movimentação dos alunos, faz com que eles explorem músculos e articulações que, antes, sequer eram movimentados corretamente. Além disso, o Pilates e o Alongamento diminuem riscos de lesões em outros esportes de mais intensidade.

Os alongamentos aumentam as extensões musculares, melhoram as estruturas corporais, os reflexos e a mobilidade das articulações em geral. O alongamento combinado ao Pilates também melhora a capacidade de relaxamento, traz equilíbrio e aprimora a musculatura.

A prática é indicada em todas as idades, e de forma especial para idosos que já sentem os sinais da perda de flexibilidade e mobilidade no corpo. Os exercícios personalizados podem contribuir para a melhoria do tônus muscular e do condicionamento físico.

Alguns exercícios realizados no Pilates para otimizar a flexibilidade atuam especialmente na coluna, com alongamentos dinâmicos de fácil execução. Com a prática regular das atividades, o aluno sente o corpo ficando mais forte, alongado e flexível.

Para conhecer os benefícios e fazer uma aula experimental gratuita de Pilates, faça contato com a equipe da HT Pilates, no bairro de Pinheiros, em São Paulo!

O carnaval já passou, agora pegue firme na atividade física com Pilates 3 vezes por semana!

Muitos brasileiros têm o hábito de procrastinar decisões importantes, como, por exemplo, iniciar uma atividade física, perder peso ou adotar uma dieta alimentar mais saudável. Normalmente, a desculpa utilizada é a seguinte: vou começar depois do carnaval!

Pois bem, o carnaval, festa popular mais adorada do Brasil, já passou! Folia agora só no ano que vem. Mas a sua saúde precisa de atenção neste exato momento!

Então, que tal iniciar a prática regular de Pilates? Com apenas 3 aulas por semana, você já vai perceber diversas mudanças positivas no seu corpo e na sua mente!

O Pilates é um método extremamente completo e funcional, indicado para todas as pessoas, independentemente da idade ou condição física. A prática do Pilates trabalha a musculatura, promove consciência corporal, aprimora a postura, alivia dores, aumenta a flexibilidade e traz diversos outros benefícios.

Conhecendo o Pilates!

Se você não tem ideia de como é a prática do Pilates, confira aqui algumas informações importantes sobre esse método que vem mudando a vida de diversas pessoas pelo mundo:

O Pilates foi criado por Joseph Pilates, por volta de 1920, com o objetivo de possibilitar a prática de exercícios realizados com o peso do próprio corpo, trabalhando todos os músculos e promovendo condicionamento integral.

O método foi inicialmente pensado para restabelecer pacientes feridos de guerra. Joseph Pilates desenvolveu os exercícios utilizando todos os seus conhecimentos sobre fisiologia, yoga e medicina oriental. Seu programa de condicionamento foi baseado em exercícios de Pilates Solo, com foco na recuperação do tônus muscular.

Com o avanço e a atualização do método, foram criados outros tipos de exercícios de Pilates, como aqueles realizados com o auxílio de aparelhos. De uma forma geral, todos os exercícios de Pilates trabalham força, mobilidade e concentração.

A prática deste treinamento três vezes por semana é ideal para a reabilitação ortopédica, para o alívio de dores crônicas, para o fortalecimento do abdômen e para a saúde das articulações. Venha conhecer a HT Pilates!

Esportes para fazer na praia e Pilates, uma combinação para evitar lesões!

No período de férias, quem está acostumado a praticar esportes ou até mesmo as pessoas que encaram a atividade física como recreação, buscam algumas modalidades que são ótimas para a praia, como natação, futebol, vôlei de praia, futevôlei e agora o Beach Tênis, a sensação do momento.

O que muitas pessoas não levam em consideração é que a atividade na praia pode causar lesões, principalmente porque a areia cria muita resistência e exige mais da musculatura que não está acostumada. O Pilates pode ser necessário para reforçar os grupos musculares de cada modalidade, com a finalidade de evitar lesões, para afastar o perigo de ficar de molho nas férias por causa de dores ou fraturas.

A falta de orientação profissional, muito comum quando o assunto é esporte de praia, também pode aumentar as chances de lesões. As modalidades que causam impactos, como corrida, futebol e vôlei, podem gerar tendinopatia de Aquiles, canelite (estresse na tíbia) e fascite plantar, entre outras dores provocadas pela sobrecarga de exercícios realizados na areia fofa da praia.

Quem corre na areia muito rígida e não prepara a musculatura previamente também pode sofrer lesões, sentir dores e desconforto durante as férias.

No Pilates, o aluno faz aulas para o fortalecimento dos pés e tornozelos, com exercícios exclusivos para os joelhos (inclusive para rotação), para os músculos do assoalho da pelve e para o centro de equilíbrio, como abdômen e lombar. O fortalecimento é essencial para suportar uma temporada inteira de exercícios na praia.

O Pilates também ajuda a conhecer o próprio corpo através da propriocepção e da consciência corporal. Assim, o praticante consegue identificar algum desconforto antes de um estresse muscular evoluir para uma lesão. A consciência muscular também permite não exagerar, evitando movimentos ou esportes mais intensos.

Para praticantes de Beach Tênis ou natação, por exemplo, as aulas são voltadas para o fortalecimento dos ombros, braços, costas e peito. Com exercícios específicos, é possível trabalhar grupos musculares que sofrem mais sobrecarga em cada modalidade.

Além disso, as aulas são ótimas para melhorar a flexibilidade, um dos grandes aliados de quem quer evitar lesões, principalmente estiramentos musculares. Para não desperdiçar suas férias por causa de alguma lesão, previna-se e faça uma aula na HT Pilates!