Controle a respiração e aumente o relaxamento muscular durante o Pilates

Respiração é vida! Por isso mesmo, o ato de respirar adequadamente é muito importante em diversos momentos, principalmente durante a prática de atividades físicas como o Pilates. O controle da respiração aumenta o relaxamento muscular e a concentração, traz mais bem-estar, alivia a tensão e o estresse e melhora a consciência corporal.

O próprio criador do método Pilates, Joseph Pilates, afirmava que dominar a arte da respiração é fundamental para a nossa vida. A respiração faz a oxigenação do organismo, eleva os níveis de energia, reduz a sensação de ansiedade e promove um profundo relaxamento. Respirar da forma correta também ajuda a fortalecer o sistema imunológico.

Saiba como respirar durante as aulas de Pilates

Durante as aulas de Pilates, os próprios instrutores orientam os alunos sobre a melhor maneira de respirar. O ideal é que o aluno mantenha uma respiração controlada, profunda, contínua e lenta, com a inspiração e a expiração do ar.

A inspiração precisa ser feita pelo nariz, mantendo o abdômen contraído. Já a expiração deve ser realizada pela boca. Essa respiração ajuda a estabilizar a coluna, oxigenar o sangue e revigorar o organismo. 

Além disso, a respiração ritmada também minimiza a produção do hormônio cortisol, que, em altas concentrações, pode estressar o organismo e aumentar o nível da pressão arterial. O Pilates ajuda a reduzir o nível de cortisol e, com isso, melhora o bem-estar, promove equilíbrio físico e mental e garante mais qualidade de vida.

A respiração deve ser executada corretamente em cada movimento e postura do Pilates. O controle dos ciclos respiratórios traz mais concentração e atenção aos alunos, além de potencializar os efeitos positivos dos exercícios.

Com a respiração controlada no Pilates, você vai ter mais vitalidade, energia e disposição. Converse com o seu instrutor na HT Pilates e saiba mais sobre os benefícios da respiração!

Dica de alimentação – Sopas e caldos nutritivos para o inverno!

O inverno é o momento ideal do ano para investir em alimentos nutritivos, que aquecem o corpo e trazem uma gostosa sensação de aconchego. As sopas e os caldos, por exemplo, são sucessos absolutos nas preparações culinárias dos meses mais frios do ano.

Além de serem opções saudáveis, estes alimentos contribuem para o fortalecimento da imunidade e, por isso, ajudam a prevenir doenças típicas do inverno, como alergias, sinusites, gripes e resfriados. Para isso, as receitas devem ser feitas com alimentos nutritivos, como abóbora japonesa, feijão, espinafre, couve, entre outras opções.

Veja algumas dicas da equipe da HT Pilates para preparar deliciosos caldos e sopas para a sua família!

Sopa de Abóbora

A abóbora é uma importante fonte de vitamina A, vitamina C, potássio, cálcio, antioxidantes, entre outros nutrientes. Para o preparo, utilize abóbora, salsão, sálvia, azeite, cebola, caldo de legumes, sal e pimenta do reino a gosto. Asse os legumes e reserve, refogue a cebola no azeite e coloque o salsão. Em seguida, junte os legumes assados e o caldo de legumes e deixe cozinhar por 20 minutos.

Caldo de Feijão

O caldinho de feijão é um clássico do inverno. O grão é rico em zinco e melhora as defesas do organismo. Para fazer o caldo, cozinhe o feijão na panela de pressão com folhas de louro. Com os grãos cozidos, retire o louro e bata o feijão no liquidificador. Em seguida, leve este caldo ao fogo. Refogue alho e cebola no azeite, junte salsinha, tomates picados e o caldo de feijão. Deixe ferver por cerca de cinco minutos e pronto!

Sopa de Batata-Doce e Gengibre

Tanto a batata-doce quanto o gengibre são alimentos ricos em nutrientes. A batata-doce é um carboidrato complexo, fonte de vitamina A e vitamina C. O gengibre é um potente antioxidante e anti-inflamatório.

Para preparar a sopa, cozinhe a batata, bata os legumes no liquidificador até obter um creme homogêneo. Refogue cebola, alho e gengibre. Adicione o creme de batata-doce e cozinhe até ferver. 

Aproveite essas receitas super saborosas e nutritivas e tenha um inverno feliz e saudável!

Como o Pilates ajuda a prevenir gripes e resfriados?

Basta que as temperaturas baixem para que os resfriados e as gripes comecem a atrapalhar a rotina de muitos brasileiros. Sintomas como coriza, dor de garganta, fadiga, dores no corpo, tosse e congestão nasal são característicos dessas doenças e têm um impacto negativo no bem-estar da população.

Apesar do aumento nos casos de gripes e resfriados nesta época do ano, é possível prevenir as doenças com comportamentos simples, como a manutenção de uma rotina de alimentação saudável, a hidratação do corpo e a prática de exercícios físicos, além, é claro, de tomar a vacina contra a gripe.

O Pilates é uma modalidade que contribui muito para prevenir as doenças típicas do inverno. O método, quando praticado de forma regular, ajuda a melhorar a imunidade e contribui para que o organismo se recupere de forma mais rápida quando a gripe e o resfriado chegam. Basta ter disposição para continuar com a prática do Pilates para que as limitações respiratórias sejam superadas!

Entenda os benefícios da atividade física para a recuperação de gripes e resfriados!

Um estudo realizado pela American College of Sports Medicine, localizada em Indianápolis, nos Estados Unidos, mostrou que a prática de exercícios físicos moderados é benéfica para a recuperação de quadros de doenças virais, como o resfriado, por exemplo. Durante a realização dos exercícios, o organismo começa a produzir substâncias que aliviam os sintomas incômodos da doença e que aceleram a recuperação da saúde.

O Pilates, como é uma modalidade que aumenta a resistência física e mental e que melhora a capacidade respiratória, pode ser praticado mesmo quando as pessoas estão resfriadas. Já no caso de gripes fortes, com sintomas acentuados, febre e fadiga extrema, a recomendação é de repouso, para que o corpo possa se recuperar completamente.

Como potencializar os cuidados com a saúde no inverno?

A prática de atividade física vai reforçar sua imunidade e prevenir gripes e resfriados. O Pilates vai melhorar sua respiração, manter o seu corpo fortalecido, reduzir os níveis de estresse e aprimorar o seu condicionamento físico. Contudo, além de manter os exercícios físicos em dia, outras atitudes também são importantes para cuidar da saúde no inverno. Confira algumas dicas:

  • Mantenha uma alimentação saudável;
  • Invista em alimentos ricos em ômega 3, vitaminas e probióticos;
  • Aumente o consumo diário de água.

Quer uma forcinha para se manter ativo no inverno? Venha para a HT Pilates!

Junho Vermelho: a importância da doação de sangue

Todos os anos, com a chegada do inverno, os bancos de sangue do país registram uma queda acentuada de doadores e, consequentemente, os estoques de sangue também se tornam menores. Para incentivar a doação neste período de baixas temperaturas, existe a campanha “Junho Vermelho”, desenvolvida em todas as regiões do Brasil.

Se você vive em São Paulo, Capital, já deve ter notado que alguns dos principais monumentos da cidade foram iluminados com a cor vermelha, em referência à campanha que incentiva a doação de sangue. O Memorial da América Latina e a Assembleia Legislativa, por exemplo, são dois lugares que receberam a iluminação especial.

O objetivo do Junho Vermelho é conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue e reforçar que este ato de amor salva vidas. Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha em 2017, os bancos de sangue do país apresentam uma queda de aproximadamente 30% em seus estoques durante os meses de temperaturas mais amenas. Essa queda tem um impacto direto no abastecimento de sangue para hospitais.

A campanha, organizada pelo Movimento Eu Dou Sangue, fomenta a doação de sangue e acontece em hemocentros e hemonúcleos de todo o Brasil. Saiba como participar dessa corrente do bem!

Como participar da campanha Junho Vermelho?

Para participar da campanha Junho Vermelho e doar sangue neste inverno, basta verificar os requisitos para ser um doador e localizar o hemocentro mais próximo da sua casa. Veja quem pode doar sangue:

  • Pessoas entre 16 e 69 anos de idade podem doar sangue;
  • Os doadores precisam pesar mais de 50 quilos;
  • No dia da doação, é importante fazer uma refeição leve;
  • Estar em boas condições de saúde;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas;
  • Apresentar documento de identificação com foto.

Pontos de doação de sangue em São Paulo

Quem mora em São Paulo e deseja participar da campanha Junho Vermelho, doando sangue para pessoas que realmente precisam dessa contribuição, pode visitar um dos pontos de doação e passar pela entrevista de triagem. Anote alguns endereços disponíveis e participe do Junho Vermelho!

Hemocentro da Santa Casa de São Paulo – Rua Marques de Itu, 579 – Centro. Informações pelo telefone: (11) 2176-7258.

Banco de Sangue Paulista – Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 46 – 14º andar. Informações pelo telefone: (11) 3048-8969.

Fundação Pró-Sangue/Posto Dante Pazzanese – Av. Dante Pazzanese, 500. Informações pelo telefone: 4573-7800.

Está com dor nas costas e nas pernas? O Pilates é ótimo para ajustar a postura e melhorar a qualidade de vida!

Existem vários motivos para dores nas costas e nas pernas. Em muitos casos, elas estão associadas à irradiação no nervo ciático e, além de causarem grande desconforto na região lombar, podem atingir os pés e as coxas.

O Pilates, uma prática para fortalecimento muscular e reeducação da postura por completo, organiza uma série de exercícios para as pernas e para as costas.

Além dos casos que atingem o nervo ciático, muitas pessoas sentem dores causadas pela lombalgia, com a sensação de estar com a coluna “travada”. Outros tantos problemas de dor nas costas e nas pernas são relatados por pessoas que estão na terceira idade, trabalhadores que ficam sentados ou em pé por muito tempo, praticantes de algumas modalidades esportivas que exigem bastante desempenho, entre muitos outros casos.

Não tem como escapar: as costas e as pernas são responsáveis por sustentar o nosso corpo e mantê-lo em equilíbrio e, por isso mesmo, precisam de alongamento, fortalecimento muscular, além de uma postura correta e saudável.

O Pilates ajuda a aliviar a dor nas costas, nas pernas e melhora a qualidade de vida

O tratamento para dores nas costas e nas pernas com o Pilates começa com a reeducação postural. A postura incorreta, que sobrecarrega a região lombar e força demais as articulações das pernas, é a principal responsável pela causa de dor. A prática de alguns exercícios já traz alívio imediato.

No caso de lombalgias, os médicos aconselham o tratamento com Pilates para ajudar na reabilitação do paciente. Os exercícios feitos em equipamentos individuais, com bola e com o apoio de professores com formação na área, são ideais para fortalecer a musculatura, criar a consciência corporal, aumentar a concentração dos alunos e trazer uma série de benefícios, como:

  • Aumento do equilíbrio corporal e da estabilidade da coluna;
  • Realização de movimentos mais precisos;
  • O aluno passa a adotar uma postura correta;
  • O praticante apresenta mais vigor físico;
  • Criação e manutenção da consciência corporal;
  • Flexibilidade com músculos muito bem alongados;
  • Exercícios para fortalecimento muscular.

O resultado do Pilates é ótimo para o alívio das dores nas costas e nas pernas porque a atividade envolve todos os grupos musculares, aumentando o espaço entre as vértebras da coluna e adicionando mais resistência física aos praticantes. Músculos mais fortes sustentam melhor o peso do corpo!

Muitos alunos que iniciaram a prática em busca de qualidade de vida relatam que as dores diminuíram muito ou, até mesmo, sumiram com as aulas regulares de Pilates.

Converse com o seu médico e faça uma visita à HT Pilates.

Vai começar uma prática esportiva diferente? Fortaleça seu corpo com o Pilates e evite lesões!

Se você está pensando em começar uma nova modalidade esportiva que vá exigir mais do seu corpo, saiba que é altamente aconselhável que você busque primeiro o Pilates, como forma de fortalecer sua musculatura para evitar possíveis lesões.

O Pilates é especialmente recomendado para quem está pensando em iniciar modalidades esportivas de alto desempenho ou que sejam de alto impacto para as articulações. O método é eficiente para ajudar futuros corredores de maratonas e meia-maratonas, ciclistas, triatletas, nadadores de provas no mar aberto, entre outros esportes.

Entenda por que o Pilates previne lesões

O Pilates garante um preparo prévio adequado para o corpo antes de iniciar exercícios e esportes de impacto e intensidade. A modalidade é ideal para atletas profissionais e amadores.

O primeiro ponto que merece ser ressaltado é que o Pilates trabalha o fortalecimento global do corpo, atuando sobre músculos, articulações e tendões. Ao tonificar o corpo e aumentar sua flexibilidade, o método ajuda a prevenir lesões.

Além disso, o Pilates promove consciência corporal, fazendo com que os atletas conheçam exatamente os limites e as respostas de seus corpos em todas as situações. O método também corrige a postura, traz mais condicionamento físico e funciona como um preparo prévio do organismo para aguentar modalidades esportivas de grande intensidade e que exigem muito do atleta.

Como trabalha o controle da respiração, o método Pilates também ajuda o aluno a desenvolver mais resistência física, permitindo que ele progrida mais rapidamente em outros esportes.

No caso de atletas que estão em busca de alcançar um bom nível para competições, o Pilates é importante para o aprimoramento físico e de rendimento. O método permite que o atleta fique fisicamente e mentalmente preparado para encarar novos desafios, aumentando sua potência e minimizando suas vulnerabilidades, principalmente em relação a possíveis lesões. Venha para a HT Pilates e saiba mais!

Saiba como o Pilates é importante durante toda a gestação!

Quando uma mulher descobre que está grávida tudo muda em sua vida, inclusive suas prioridades em relação ao próprio corpo. É comum que, nesta fase, as futuras mamães procurem atividades físicas mais leves e relaxantes, que ofereçam benefícios para elas e para os bebês.

O Pilates tem sido a opção mais procurada pelas gestantes, pois, além de garantir uma dose importante de relaxamento durante a gestação, o método também age de forma direcionada para o bem-estar materno e para o bom desenvolvimento do bebê.

Outro ponto importante e muito levado em consideração pelas mamães que buscam o Pilates na gravidez está relacionado à preparação do corpo feminino para o parto normal. O Pilates tem exercícios que fortalecem o assoalho pélvico e que, assim, tornam mais fácil a missão do parto natural.

Vale destacar que o Pilates também trabalha a questão do controle da respiração e da concentração, dois fatores que são fundamentais para o parto.

Quando uma gestante pode iniciar o Pilates?

Assim que começa o pré-natal e verifica que sua saúde está em ordem, a futura mamãe já pode começar a pensar no Pilates como alterativa para a atividade física na gestação. Em geral, o método é aconselhável para mulheres que já praticavam o Pilates antes de engravidar e para aquelas mulheres que conseguem contrair os músculos do assoalho pélvico.

A prática do Pilates na gestação vai ajudar a manter uma boa postura, evitar dores lombares, melhorar a qualidade do sono e garantir mais energia, resistência física e controle do peso corporal. Outro dado que vale a pena ser ressaltado é que mamães ativas durante o período da gestação tendem a se manter mais dispostas e conectadas com o bebê no pós-parto.

O Pilates no período pós-gestacional precisa ser totalmente personalizado para as necessidades da mamãe, respeitando o seu corpo e sua recuperação física. Continuar praticando Pilates no puerpério é uma maneira de enfrentar os desafios e dificuldades dessa fase com mais resiliência, disposição e equilíbrio. Converse com um instrutor da HT Pilates e saiba mais!

Pilates para problemas de coluna, um santo remédio!

Se você está sentindo dores na coluna, percebe que sua postura está incorreta e que precisa fortalecer os músculos dessa região do corpo, saiba que o Pilates é a solução ideal, um santo remédio para todos os tipos de dores.

Os exercícios do Pilates são direcionados a promoverem a estabilidade e o condicionamento físico e muscular. O método é amplamente utilizado para tratar dores crônicas, lombalgias, desvios de coluna e encurtamento dos músculos.

Ao promover a correção postural e o fortalecimento dos músculos das costas, o Pilates ajuda a amenizar quadros de dores, garantindo mais qualidade de vida ao praticante. Além disso, o método vem sendo indicado por médicos e fisioterapeutas para o tratamento de lesões específicas e para a prevenção de hérnia de disco e outras doenças que costumam provocar grandes desconfortos.

Como o Pilates ameniza as dores na coluna?

O Pilates pode ser aplicado com o objetivo de promover o completo alinhamento da coluna, por meio de exercícios de alongamento e fortalecimento. Algumas posturas de Pilates também ajudam no relaxamento da coluna, sendo eficientes para dores cervicais, lombares e torácicas.

Quando um aluno reclama de dores na coluna ao iniciar a prática do Pilates, o instrutor responsável já sabe que precisa trabalhar com exercícios e posturas que possam corrigir vícios posturais. Além disso, é possível escolher atividades que revertam o quadro de enfraquecimento muscular.

O Pilates promove a reeducação postural, ajuda a controlar a respiração, ameniza as dores na coluna, fortalece o corpo de maneira integral, oferece consciência corporal e faz com que o aluno aprenda a controlar de forma consciente todos os músculos de seu corpo.

Antes de iniciar a prática do Pilates, é recomendável que a pessoa com dores na coluna procure um médico para definir as causas do problema e para descartar quadros mais graves, que possam exigir tratamentos específicos, como doenças reumáticas, vasculares ou urológicas.

Conheça 3 exercícios de Pilates para aliviar as dores na perna!

As dores nas pernas são muito comuns entre a população adulta e podem ser causadas por diversos fatores, como problemas de circulação, esforço físico excessivo, falta de flexibilidade e alongamento, dor ciática, entre outros motivos.

Antes de adotar qualquer tipo de tratamento, é fundamental passar em consulta com um médico para entender as causas da dor nos membros inferiores. Em geral, quando a dor nas pernas vem acompanhada de dormência e formigamento dos membros, é possível que o quadro esteja relacionado com a má circulação, mas somente um médico vascular pode dar este diagnóstico com precisão.

Quando as dores são musculares ou estão relacionadas ao sedentarismo, o ideal é procurar uma atividade física que promova o fortalecimento e o alongamento dos músculos. Neste caso, o Pilates é uma excelente opção.

O método tem diversos exercícios específicos para as pernas, que ajudam a aliviar aquela sensação de peso e dor nos membros inferiores. Além disso, o Pilates melhora a saúde das articulações e aumenta a mobilidade e a flexibilidade de músculos, ligamentos e tendões.

Para garantir uma progressão satisfatória no quadro, é essencial praticar os exercícios de forma constante, pelo menos três vezes na semana.

Veja 3 exercícios de Pilates eficazes para dores nas pernas

1 – Parede para cima – Este exercício consiste em esticar as pernas verticalmente, apoiando-as em uma parede, para movimentá-las. O objetivo é gerar retorno venoso, ou seja, melhorar a circulação sanguínea. Para realizar o exercício, basta deitar no chão, com os glúteos bem apoiados, e fazer movimentos com as pernas para cima e para baixo, promovendo o total alongamento dos membros.

2 – Elevação de quadril – Este exercício ajuda a fortalecer o músculo que fica na área posterior da coxa. Para realizá-lo, basta deitar no chão, flexionar os joelhos e manter os pés apoiados. Em seguida, eleva-se o cóccix, a perna e a lombar em direção ao teto. Faça um lado por vez.

3 – Giro – Este exercício deve ser feito com uma bola de Pilates. Deite-se no chão e coloque as duas pernas sobre a bola. Em seguida, gire o quadril para um lado e para o outro, contraindo a musculatura pélvica e lombar e deixando as pernas bem esticadas.

Estes exercícios ajudam a fortalecer as pernas, trabalham músculos das coxas e da parte interna dos membros inferiores e, consequentemente, aliviam as dores. Faça uma aula experimental na HT Pilates!

Maio é o mês das mães – Saiba como o Pilates pode fazer muito bem para as mamães!

O Pilates é uma das atividades físicas mais completas e repletas de benefícios para mamães, recém-mamães e grávidas. Além de garantir o bem-estar da mulher em todas as fases da vida, o método oferece mais consciência corporal, o que permite que cada mulher entenda melhor seu corpo e, dessa forma, cuide mais de sua saúde física e mental.

Durante a gestação, fase em que o organismo feminino passa por diversas alterações importantes, tanto físicas quanto hormonais, o Pilates ajuda a relaxar, a preparar o corpo para o parto natural e a aprender a sincronizar corretamente a respiração.

Já para as mamães que acabaram de dar à luz, o método contribui para a recuperação da forma física, alivia a carga de estresse e o impacto emocional da maternidade, fortalece os músculos e melhora a coordenação motora.

Agora, para as mamães experientes e maduras, o Pilates também é incrível, pois garante mais flexibilidade, disposição para cumprir as tarefas diárias, equilíbrio físico, muscular e mental, alinhamento do corpo, correção postural, flexibilidade e força.

Por que o Pilates é tão completo e positivo para as mamães?

O Pilates é uma atividade física que trabalha o centro de força Power House, que garante estabilidade aos movimentos. Além disso, o método promove alongamento, condicionamento e previne algumas doenças, como problemas cardiovasculares, osteoporose, hérnia de disco, lombalgia, entre outras.

Como dá para perceber, o Pilates faz bem para mamães de todas as idades e com todas as condições físicas. As aulas são personalizadas, melhoram a autoestima, reduzem riscos de lesões e garantem uma dose extra de disposição e qualidade de vida.

Venha para a HT Pilates! Temos aulas especiais para gestantes, com exercícios que amenizam dores nas costas e nas pernas, fortalecem o assoalho pélvico, melhoram a mobilidade das articulações e ajudam as mamães a controlarem a respiração de forma eficaz!