Vai começar uma prática esportiva diferente? Fortaleça seu corpo com o Pilates e evite lesões!

Se você está pensando em começar uma nova modalidade esportiva que vá exigir mais do seu corpo, saiba que é altamente aconselhável que você busque primeiro o Pilates, como forma de fortalecer sua musculatura para evitar possíveis lesões.

O Pilates é especialmente recomendado para quem está pensando em iniciar modalidades esportivas de alto desempenho ou que sejam de alto impacto para as articulações. O método é eficiente para ajudar futuros corredores de maratonas e meia-maratonas, ciclistas, triatletas, nadadores de provas no mar aberto, entre outros esportes.

Entenda por que o Pilates previne lesões

O Pilates garante um preparo prévio adequado para o corpo antes de iniciar exercícios e esportes de impacto e intensidade. A modalidade é ideal para atletas profissionais e amadores.

O primeiro ponto que merece ser ressaltado é que o Pilates trabalha o fortalecimento global do corpo, atuando sobre músculos, articulações e tendões. Ao tonificar o corpo e aumentar sua flexibilidade, o método ajuda a prevenir lesões.

Além disso, o Pilates promove consciência corporal, fazendo com que os atletas conheçam exatamente os limites e as respostas de seus corpos em todas as situações. O método também corrige a postura, traz mais condicionamento físico e funciona como um preparo prévio do organismo para aguentar modalidades esportivas de grande intensidade e que exigem muito do atleta.

Como trabalha o controle da respiração, o método Pilates também ajuda o aluno a desenvolver mais resistência física, permitindo que ele progrida mais rapidamente em outros esportes.

No caso de atletas que estão em busca de alcançar um bom nível para competições, o Pilates é importante para o aprimoramento físico e de rendimento. O método permite que o atleta fique fisicamente e mentalmente preparado para encarar novos desafios, aumentando sua potência e minimizando suas vulnerabilidades, principalmente em relação a possíveis lesões. Venha para a HT Pilates e saiba mais!

Saiba como o Pilates é importante durante toda a gestação!

Quando uma mulher descobre que está grávida tudo muda em sua vida, inclusive suas prioridades em relação ao próprio corpo. É comum que, nesta fase, as futuras mamães procurem atividades físicas mais leves e relaxantes, que ofereçam benefícios para elas e para os bebês.

O Pilates tem sido a opção mais procurada pelas gestantes, pois, além de garantir uma dose importante de relaxamento durante a gestação, o método também age de forma direcionada para o bem-estar materno e para o bom desenvolvimento do bebê.

Outro ponto importante e muito levado em consideração pelas mamães que buscam o Pilates na gravidez está relacionado à preparação do corpo feminino para o parto normal. O Pilates tem exercícios que fortalecem o assoalho pélvico e que, assim, tornam mais fácil a missão do parto natural.

Vale destacar que o Pilates também trabalha a questão do controle da respiração e da concentração, dois fatores que são fundamentais para o parto.

Quando uma gestante pode iniciar o Pilates?

Assim que começa o pré-natal e verifica que sua saúde está em ordem, a futura mamãe já pode começar a pensar no Pilates como alterativa para a atividade física na gestação. Em geral, o método é aconselhável para mulheres que já praticavam o Pilates antes de engravidar e para aquelas mulheres que conseguem contrair os músculos do assoalho pélvico.

A prática do Pilates na gestação vai ajudar a manter uma boa postura, evitar dores lombares, melhorar a qualidade do sono e garantir mais energia, resistência física e controle do peso corporal. Outro dado que vale a pena ser ressaltado é que mamães ativas durante o período da gestação tendem a se manter mais dispostas e conectadas com o bebê no pós-parto.

O Pilates no período pós-gestacional precisa ser totalmente personalizado para as necessidades da mamãe, respeitando o seu corpo e sua recuperação física. Continuar praticando Pilates no puerpério é uma maneira de enfrentar os desafios e dificuldades dessa fase com mais resiliência, disposição e equilíbrio. Converse com um instrutor da HT Pilates e saiba mais!

Pilates para problemas de coluna, um santo remédio!

Se você está sentindo dores na coluna, percebe que sua postura está incorreta e que precisa fortalecer os músculos dessa região do corpo, saiba que o Pilates é a solução ideal, um santo remédio para todos os tipos de dores.

Os exercícios do Pilates são direcionados a promoverem a estabilidade e o condicionamento físico e muscular. O método é amplamente utilizado para tratar dores crônicas, lombalgias, desvios de coluna e encurtamento dos músculos.

Ao promover a correção postural e o fortalecimento dos músculos das costas, o Pilates ajuda a amenizar quadros de dores, garantindo mais qualidade de vida ao praticante. Além disso, o método vem sendo indicado por médicos e fisioterapeutas para o tratamento de lesões específicas e para a prevenção de hérnia de disco e outras doenças que costumam provocar grandes desconfortos.

Como o Pilates ameniza as dores na coluna?

O Pilates pode ser aplicado com o objetivo de promover o completo alinhamento da coluna, por meio de exercícios de alongamento e fortalecimento. Algumas posturas de Pilates também ajudam no relaxamento da coluna, sendo eficientes para dores cervicais, lombares e torácicas.

Quando um aluno reclama de dores na coluna ao iniciar a prática do Pilates, o instrutor responsável já sabe que precisa trabalhar com exercícios e posturas que possam corrigir vícios posturais. Além disso, é possível escolher atividades que revertam o quadro de enfraquecimento muscular.

O Pilates promove a reeducação postural, ajuda a controlar a respiração, ameniza as dores na coluna, fortalece o corpo de maneira integral, oferece consciência corporal e faz com que o aluno aprenda a controlar de forma consciente todos os músculos de seu corpo.

Antes de iniciar a prática do Pilates, é recomendável que a pessoa com dores na coluna procure um médico para definir as causas do problema e para descartar quadros mais graves, que possam exigir tratamentos específicos, como doenças reumáticas, vasculares ou urológicas.

Conheça 3 exercícios de Pilates para aliviar as dores na perna!

As dores nas pernas são muito comuns entre a população adulta e podem ser causadas por diversos fatores, como problemas de circulação, esforço físico excessivo, falta de flexibilidade e alongamento, dor ciática, entre outros motivos.

Antes de adotar qualquer tipo de tratamento, é fundamental passar em consulta com um médico para entender as causas da dor nos membros inferiores. Em geral, quando a dor nas pernas vem acompanhada de dormência e formigamento dos membros, é possível que o quadro esteja relacionado com a má circulação, mas somente um médico vascular pode dar este diagnóstico com precisão.

Quando as dores são musculares ou estão relacionadas ao sedentarismo, o ideal é procurar uma atividade física que promova o fortalecimento e o alongamento dos músculos. Neste caso, o Pilates é uma excelente opção.

O método tem diversos exercícios específicos para as pernas, que ajudam a aliviar aquela sensação de peso e dor nos membros inferiores. Além disso, o Pilates melhora a saúde das articulações e aumenta a mobilidade e a flexibilidade de músculos, ligamentos e tendões.

Para garantir uma progressão satisfatória no quadro, é essencial praticar os exercícios de forma constante, pelo menos três vezes na semana.

Veja 3 exercícios de Pilates eficazes para dores nas pernas

1 – Parede para cima – Este exercício consiste em esticar as pernas verticalmente, apoiando-as em uma parede, para movimentá-las. O objetivo é gerar retorno venoso, ou seja, melhorar a circulação sanguínea. Para realizar o exercício, basta deitar no chão, com os glúteos bem apoiados, e fazer movimentos com as pernas para cima e para baixo, promovendo o total alongamento dos membros.

2 – Elevação de quadril – Este exercício ajuda a fortalecer o músculo que fica na área posterior da coxa. Para realizá-lo, basta deitar no chão, flexionar os joelhos e manter os pés apoiados. Em seguida, eleva-se o cóccix, a perna e a lombar em direção ao teto. Faça um lado por vez.

3 – Giro – Este exercício deve ser feito com uma bola de Pilates. Deite-se no chão e coloque as duas pernas sobre a bola. Em seguida, gire o quadril para um lado e para o outro, contraindo a musculatura pélvica e lombar e deixando as pernas bem esticadas.

Estes exercícios ajudam a fortalecer as pernas, trabalham músculos das coxas e da parte interna dos membros inferiores e, consequentemente, aliviam as dores. Faça uma aula experimental na HT Pilates!

Maio é o mês das mães – Saiba como o Pilates pode fazer muito bem para as mamães!

O Pilates é uma das atividades físicas mais completas e repletas de benefícios para mamães, recém-mamães e grávidas. Além de garantir o bem-estar da mulher em todas as fases da vida, o método oferece mais consciência corporal, o que permite que cada mulher entenda melhor seu corpo e, dessa forma, cuide mais de sua saúde física e mental.

Durante a gestação, fase em que o organismo feminino passa por diversas alterações importantes, tanto físicas quanto hormonais, o Pilates ajuda a relaxar, a preparar o corpo para o parto natural e a aprender a sincronizar corretamente a respiração.

Já para as mamães que acabaram de dar à luz, o método contribui para a recuperação da forma física, alivia a carga de estresse e o impacto emocional da maternidade, fortalece os músculos e melhora a coordenação motora.

Agora, para as mamães experientes e maduras, o Pilates também é incrível, pois garante mais flexibilidade, disposição para cumprir as tarefas diárias, equilíbrio físico, muscular e mental, alinhamento do corpo, correção postural, flexibilidade e força.

Por que o Pilates é tão completo e positivo para as mamães?

O Pilates é uma atividade física que trabalha o centro de força Power House, que garante estabilidade aos movimentos. Além disso, o método promove alongamento, condicionamento e previne algumas doenças, como problemas cardiovasculares, osteoporose, hérnia de disco, lombalgia, entre outras.

Como dá para perceber, o Pilates faz bem para mamães de todas as idades e com todas as condições físicas. As aulas são personalizadas, melhoram a autoestima, reduzem riscos de lesões e garantem uma dose extra de disposição e qualidade de vida.

Venha para a HT Pilates! Temos aulas especiais para gestantes, com exercícios que amenizam dores nas costas e nas pernas, fortalecem o assoalho pélvico, melhoram a mobilidade das articulações e ajudam as mamães a controlarem a respiração de forma eficaz!

Você sabia que o Pilates é recomendado para o tratamento da Hipertensão Arterial?

A hipertensão arterial é uma doença que vem crescendo de forma alarmante entre a população. No Brasil, o Ministério da Saúde estima que cerca de 30 milhões de pessoas sejam hipertensas. O mais grave e preocupante é que, deste total, apenas 10% fazem o controle da pressão alta de forma adequada.

Os principais fatores que levam ao descontrole da pressão arterial são: sedentarismo, consumo excessivo de sal (em níveis acima de 5 gramas por dia), herança hereditária, alimentação de baixa qualidade e avanço da idade.

Por ser uma doença silenciosa, em muitos casos, o diagnóstico é tardio, o que pode levar a quadros mais graves, como infarto do miocárdio, AVC e insuficiência renal.

Como o Pilates pode ajudar no tratamento da hipertensão arterial?

Uma das recomendações médicas para o tratamento da hipertensão arterial é que o paciente comece a praticar uma atividade física de intensidade leve ou moderada. Alguns tipos de exercícios liberam no organismo substâncias com ação vasodilatadora, que melhoram a circulação sanguínea, relaxam as artérias e mantêm os níveis da pressão controlados.

O Pilates é uma excelente atividade para quem sofre com pressão alta, pois previne doenças cardiovasculares, melhora o condicionamento físico, reduz a sensação de ansiedade e estresse, entre outros benefícios.

Vale lembrar que, para manter a pressão arterial em padrões saudáveis, é fundamental manter um estilo de vida equilibrado e ativo. Como parte do tratamento não medicamentoso para hipertensão, é essencial buscar a perda de peso e a prática de exercícios que elevem os níveis de disposição e qualidade de vida do paciente hipertenso.

Se você deseja saber mais sobre o assunto e precisa de uma atividade física que seja personalizada, relaxante, divertida e eficaz para o controle da pressão arterial, conheça a HT Pilates, na cidade de São Paulo. Faça uma aula experimental de Pilates gratuitamente!

Pilates e Alongamento – Uma dupla perfeita para melhorar sua flexibilidade!

A combinação de Pilates e Alongamento é perfeita para aumentar a flexibilidade corporal, revertendo quadros de encurtamento muscular e favorecendo a mobilidade, o condicionamento e o bem-estar físico.

Estas duas atividades são essenciais para a população, pois evitam os prejuízos comuns que a vida moderna tem sobre o corpo, como as muitas horas de inatividade física em frente às telas de computadores, TVs e smartphones, que causam dores corporais, ganho de peso e problemas musculares e nas articulações.

No método Pilates, existem vários exercícios focados no alongamento corporal. As atividades ajudam a aprimorar a flexibilidade e amenizam problemas como desvios de postura, lesões ortopédicas, problemas motores e lesões musculares.

Um dos principais benefícios dos exercícios é justamente atuar para corrigir vícios posturais adquiridos por causa da rotina de trabalho e pelos hábitos de vida. O método amplia a capacidade de movimentação dos alunos, faz com que eles explorem músculos e articulações que, antes, sequer eram movimentados corretamente. Além disso, o Pilates e o Alongamento diminuem riscos de lesões em outros esportes de mais intensidade.

Os alongamentos aumentam as extensões musculares, melhoram as estruturas corporais, os reflexos e a mobilidade das articulações em geral. O alongamento combinado ao Pilates também melhora a capacidade de relaxamento, traz equilíbrio e aprimora a musculatura.

A prática é indicada em todas as idades, e de forma especial para idosos que já sentem os sinais da perda de flexibilidade e mobilidade no corpo. Os exercícios personalizados podem contribuir para a melhoria do tônus muscular e do condicionamento físico.

Alguns exercícios realizados no Pilates para otimizar a flexibilidade atuam especialmente na coluna, com alongamentos dinâmicos de fácil execução. Com a prática regular das atividades, o aluno sente o corpo ficando mais forte, alongado e flexível.

Para conhecer os benefícios e fazer uma aula experimental gratuita de Pilates, faça contato com a equipe da HT Pilates, no bairro de Pinheiros, em São Paulo!

Hipertensão – Saiba o que é, quais os sintomas e quando procurar um médico!

A hipertensão arterial é uma doença crônica, popularmente conhecida como pressão alta. Esta condição se manifesta quando os níveis de pressão arterial se mantêm anormais constantemente, ficando acima de 14 por 9.

Isso significa que a pessoa hipertensa tem problemas com relação à pressão do sangue que circula pelas artérias, alterando o bombeamento sanguíneo a partir do coração. A hipertensão é uma doença grave e que precisa ser tratada para evitar a ocorrência de problemas cardíacos, vasculares e renais.

Os dois principais riscos decorrentes da pressão alta são o infarto e o acidente vascular cerebral.

Quais são os sintomas da hipertensão?

Entre os sintomas recorrentes da pressão alta, é possível citar: falta de ar, dores de cabeça, visão embaçada, tonturas repentinas e dores frequentes na região do peito. Ao notar estes sinais, é essencial buscar ajuda médica e fazer os exames para um diagnóstico preciso do quadro de saúde.

Conheça as principais causas da doença

O estilo de vida da população está entre as principais causas da hipertensão arterial. Sedentarismo, consumo excessivo de sal e alimentos processados, obesidade e outros fatores são os principais causadores da doença.

Além disso, é preciso ficar atento à questão hereditária (histórico familiar da doença), à carga de estresse na rotina e à idade, já que pessoas com mais de 60 anos têm mais predisposição à pressão alta.

Como tratar?

O tratamento da hipertensão é feito com medicamento e com mudanças nos hábitos de vida. Para controlar os níveis da pressão arterial é importante:

  • Parar de fumar
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas
  • Reduzir ao máximo o consumo de sal
  • Dormir bem
  • Adotar um estilo de vida saudável
  • Praticar esportes e atividades físicas aeróbicas
  • Manter uma dieta específica, com muitas frutas, grãos, legumes e vegetais
  • Ter momentos de relaxamento e lazer

Para fazer o diagnóstico da hipertensão arterial, procure um médico! Tenha uma vida leve e saudável. Conheça a HT Pilates!

Terceira Idade – Faça novos amigos no Pilates e deixe sua vida ainda mais ativa!

O melhor lugar para fazer novos amigos, movimentar a vida social e ganhar mais disposição e saúde na terceira idade é, sem dúvida, em uma academia de Pilates. Pessoas com mais de 60 anos precisam adotar comportamentos preventivos e cuidados regulares com a saúde e a qualidade de vida, e o Pilates é o exercício perfeito para este público, pois oferece mais consciência corporal, equilíbrio, fortalecimento muscular e condicionamento.

Além disso, com a prática regular do Pilates, os idosos ganham mais autonomia, relaxam, se divertem e melhoram todos os aspectos cognitivos e psicológicos, evitando também a depressão e doenças degenerativas.

O método Pilates é tão democrático que pode ser praticado por pessoas de 8 ou 80 anos de idade. Ou seja, não existem restrições.

Os exercícios são personalizados de acordo com a capacidade e a condição física de cada aluno, o que faz com que o método seja abrangente e perfeito para quem precisa recuperar lesões ortopédicas, melhorar a postura, aliviar dores crônicas ou simplesmente fortalecer os músculos.

Por que praticar Pilates na terceira idade?

A população idosa está cada vez mais ativa, e isso é muito bom! O Pilates é uma excelente opção para os idosos que desejam encontrar uma atividade física completa, que ofereça estabilidade corporal, mais concentração, flexibilidade, melhoria para a coordenação motora, correção postural, entre outros benefícios.

No Pilates, além de conquistar saúde física e mental, os idosos também podem socializar, conhecer pessoas, fazer amizades, formar grupos para atividades e hobbies específicos e, até mesmo, para viajar. É uma maneira de tornar a vida mais divertida e mais ativa.

Que tal conhecer o método Pilates? Faça uma vista à HT Pilates em São Paulo e comece uma atividade física que vai mudar sua vida para melhor! A HT está localizada no bairro de Pinheiros, com fácil acesso!

Fibromialgia – Saiba como o Pilates ajuda no tratamento e alívio das dores!

A Fibromialgia é uma doença que se manifesta por meio de dores crônicas, que atingem principalmente as áreas das articulações e dos tendões. Trata-se de uma síndrome incurável e a medicina ainda tem poucas informações sobre suas causas.

Pacientes diagnosticados com fibromialgia tendem a relatar dores fortes e sensibilidade extrema em músculos, articulações e tendões. Os especialistas acreditam que isso ocorra por causa de alterações cerebrais na interpretação de estímulos na pele.

O problema é mais recorrente no público feminino, em especial em mulheres jovens, com idade entre 20 e 50 anos. O médico indicado para diagnosticar e tratar casos de fibromialgia é o reumatologista.

Entre os sintomas da doença, é possível destacar: dores generalizadas e de longa duração pelo corpo, dificuldade para dormir em razão das dores, problemas de concentração e elevado nível de estresse.

O tratamento recomendado para a doença consiste na administração de alguns medicamentos e na realização de atividades físicas, principalmente aquelas com perfil aeróbico e de fortalecimento muscular. É exatamente por isso que o Pilates vem sendo altamente indicado para pacientes com fibromialgia, pois ajuda a controlar os sintomas da doença e melhora a qualidade de vida.

Campanhas de conscientização

Por ser uma condição ainda pouco conhecida entre a população, entidades especializadas criaram a Campanha Fevereiro Roxo, que divulga informações sobre três doenças que não têm cura, mas que podem ser tratadas para amenizar os sintomas. São elas: lúpus, fibromialgia e Alzheimer.

O objetivo da campanha é justamente orientar a população sobre a importância do diagnóstico precoce destas doenças, a fim de favorecer o tratamento adequado para controlar os sintomas.

Como o Pilates pode ajudar pacientes com fibromialgia?

O Pilates é um método que possibilita a personalização dos exercícios para cada aluno. No caso de quem tem fibromialgia, a indicação é a realização de exercícios leves e moderados, que não tenham uma intensidade capaz de provocar fadiga muscular. Para estes alunos, os professores de Pilates elaboram séries especiais de exercícios, realmente focados em suas necessidades.

Se você deseja saber mais sobre o assunto e precisa de uma atividade física que ajude a amenizar as dores da fibromialgia, faça contato com a equipe da HT Pilates!