Dentista conta como o Pilates ajuda em sua profissão

Juliana é dentista e procurou o método Pilates a fim de melhorar seu posicionamento ergonômico do trabalho. Como todos sabem, a postura de trabalho dos destistas pode prejudicar muito a coluna e as articulações.
“Conheci a HT Pilates por estar no meu trajeto diário. Resolvi entrar e conhecer o espaço na qual me agradou bastante. Fiz uma aula experimental com a Professora Cristiane e foi onde resolvi me matricular na HT. Achei a didática excelente e domínio do conhecimento profissional tanto da técnica como da fisiologia.
Há cerca de 17 anos treino musculação e o Pilates veio agregar uma melhora na consciência corporal, flexibilidade e melhorar dores que tinha na lombar e cervical devido à minha profissão.
Todos os professores na minha opinião são muito bem preparados. Outro fator determinante foi o espaço físico projetado para aulas em grupo onde todos os alunos executam os mesmos movimentos, se diferenciando dos circuitos.
Estou praticando Pilates há 1 ano e 8 meses e já percebi melhoras no meu corpo. No momento estou gestante e o Pilates tem sido excelente para a melhora da postura, flexibilidade, respiração.
Indico a HT Pilates por ser uma equipe de excelente qualidade, ótimo atendimento e ambiente acolhedor. Manobristas, recepcionistas, professores e administradores todos integrados nos oferecendo um excelente trabalho!”
Juliana Gimenes Sanches
Dentista/ 36 anos

Atriz Rosaly Papadopol conta como o Pilates ajuda em sua performance nos palcos

Rosaly Papadopol procurou o Pilates para reabilitação após um trauma na região lombar. Mesmo após a recuperação, continuou a prática para manter o corpo forte e flexível a fim de realizar seu trabalho nos palcos e na TV de forma segura e preparada. Veja o que ela conta:
“Em 2008 sem nunca ter sentido nenhum tipo de dor musculoesquelético e depois de praticar durante anos várias atividades físicas travei a lombar. Após sessões de fisio para sair da crise fui liberada para fazer Pilates ou Hidroterapia. Escolhi Pilates, pois passei muitos anos dentro de água e também me pareceu interessante porque esta aula-terapia tinha inspiração na Yoga, pratica que também fiz por muitos anos.
Comecei a busca e fui visitar e fazer uma aula experimental na HT. A atenção do professor e do dono do espaço José Eduardo me chamaram a atenção não só pelo cuidado deles com cada aluno individualmente como também pela preocupação em estudar o meu caso. Comecei então a praticar, na época estava ensaiando numa peça teatral e tive que interromper para o tratamento fisioterápico, mas retomei os ensaios ao mesmo tempo em que iniciei o Pilates.
Foi minha salvação, pois não só durante os ensaios como também durante a temporada de quase 3 anos de peça me senti ótima. Devo acrescentar que a movimentação no palco não era nada leve, ao contrário, exigia muito de toda a musculatura e de flexibilidade.
Eu me sentia segura, pois estava com bastante força no abdômen e pernas que sustentaram muito bem o esforço de coluna e quadril. Até hoje depois das aulas me sinto disposta, alongada, não sinto dor. Mesmo descobrindo um novo problema na cervical o pessoal da HT foi super consciencioso. Fiz nos últimos 3 meses aula individuais para um foco maior no meu quadro.
Hoje estou nova em folha, super disposta, sem nenhuma dor fazendo aula 2 vezes por semana.
Indico a HT pela seriedade e competência de proprietários e equipe.”

Aluna conta como conheceu o método Pilates

Silvana, que morava em Salvador e hoje reside em São Paulo, conta como se interessou pelo método Pilates e a HT.
“Quando o Pilates veio para o Brasil – começou inicialmente em Salvador, cidade onde nasci -, a oferta era muito pequena . Podíamos praticá-lo em um ou dois lugares, o custo era elevado e havia poucos professores, mas a vantagem era que eles eram muito qualificados e rigorosos. Mas, nunca conseguia me encaixar nos seus horários, pois não eram muito diversificados.
O tempo passou e o Pilates “pegou”. Com o aumento da oferta lá em Salvador e aqui em São Paulo, cidade onde atualmente resido, o custo das aulas diminuiu e finalmente consegui me encaixar, pois ampliou a oferta de horários. Mas com essa ampliação, constatei que muitos espaços perderam o rigor com a técnica: atenção com a respiração e força no abdome, a principal característica do Pilates.
Verifico que isso não aconteceu com o HT Pilates, que me for recomendado por uma amiga muito exigente e disciplinada com o cuidado com o corpo. Encontrei aqui exatamente o que ela disse: professores simpáticos e bem preparados e a possibilidade de reposição de aulas, sem que se perda a qualidade, ponto fundamental para quem tem uma agenda instável como a minha.
Estou fazendo aulas aqui há apenas dois meses e sinto uma grande diferença dos outros lugares por onde já passei. Em pouco tempo, já estou com maior tônus muscular e consciência corporal, o que é fundamental. Lamento hoje, não ter começado na HT Pilates, antes.”
Silvana Pessoa, psicóloga.