Quebrando mitos: é mesmo necessário utilizar todos os equipamentos de Pilates na mesma aula?

A parte mais importante da aula de Pilates é aquela que coloca em prática tudo o que o professor planeja, de acordo com as características e objetivos de cada aluno. Esse planejamento deve ser bem elaborado, pensando na capacidade física a ser desenvolvida. Isso significa que apenas utilizar todos os aparelhos não garante um melhor aproveitamento da aula e nem o desenvolvimento do aluno. É preciso foco, conhecimento, empatia e planejamento para que a aula seja bem-sucedida!

O verdadeiro foco de uma boa aula de Pilates

Focar o planejamento para que obrigatoriamente todos os aparelhos sejam utilizados na aula de Pilates é um erro comum e que, muitas vezes, faz com que seja perdida a essência principal do método, que é justamente a busca por aquilo que o aluno realmente deseja alcançar.

Uma boa aula de pilates é aquela que se mostra personalizada para cada aluno, levando em conta suas limitações e, principalmente, suas metas pessoais.

A dica número um para quem está em busca de um estúdio de pilates é: tenha cuidado ao visitar um estúdio que venda a ideia essencial de evolução da técnica para atingir os seus objetivos. A evolução é natural, mas leva tempo e exige um entendimento profundo sobre consciência corporal.

Por isso, o foco principal do planejamento de aula do professor ou da organização do estúdio deve ser sempre o resultado pessoal do aluno. Além disso, para que o método seja bem aplicado, também é importante que o estúdio tenha uma estrutura adequada para atender os alunos.

Não existe problema em utilizar todos os aparelhos na mesma aula se o aluno já estiver adaptado ao método, mas é importante deixar claro que essa não é uma regra que deva ser imposta à prática do Pilates.

O fator principal não deve ser a complexidade dos exercícios ou o uso do maior número possível de aparelhos, mas sim a qualidade da execução de todos os movimentos e exercícios, em prol da qualidade de vida e da saúde física e emocional do aluno!

Aproveite nosso cupom e faça 3 aulas gratuitas na HT Pilates!

O que considerar na hora de escolher um bom estúdio de Pilates

Um bom estúdio de Pilates é aquele que apresenta localização estratégica, com fácil acesso para os alunos; boa infraestrutura, equipamentos e aparelhos novos e bem conservados, espaço interno aconchegante e confortável, acessibilidade e professores capacitados e com formação profissional.

Na HT Pilates, por exemplo, os alunos encontram instrutores com formação internacional, metodologia embasada nas melhores escolas de Pilates do mundo, como a StottPilates e a Physio Pilates, e uma infraestrutura de alto padrão.

Confira os diferenciais que você deve procurar em um bom estúdio de Pilates:

Formação dos profissionais – Verifique se o local onde eles se formaram tem credibilidade no mercado

Gestão do estúdio – Avalie se os gestores estão envolvidos no dia a dia ou se montaram o estúdio apenas porque pensam no retorno financeiro.

Padronização da equipe – Observe se cada professor tem uma forma diferente de aplicar o método e se o aluno tem dificuldades quando necessita reagendar uma aula ou mudar de horário.

Estrutura de materiais e aparelhos – Verifique se os aparelhos são de uma empresa confiável, já que isso reduz a possibilidade de acidentes. Analise também a quantidade de acessórios para a diversificação da aula.

Estrutura física para atendimento – Avalie se o espaço das salas de aula é adequado para a execução dos exercícios e note também a condição e o conforto dos espaços e áreas comuns.

Ao ficar atento a todos estes detalhes, o aluno consegue definir o nível de credibilidade e seriedade do estúdio de pilates, além de ter a certeza de que está depositando sua confiança em profissionais realmente preparados para aplicar o método Pilates com qualidade, eficiência, segurança e bons resultados.

Venha para a HT Pilates, em São Paulo! Aqui, nos preocupamos com o bem-estar do aluno em todos os momentos. Aumentar sua disposição e melhorar sua qualidade de vida são os nossos principais objetivos!

Saiba identificar e escolher um bom professor de Pilates

O instrutor de pilates tem papel fundamental na evolução do aluno e na melhoria de sua condição física e emocional. Saber identificar e escolher um bom professor de pilates é importante para o sucesso dos programas de reabilitação e também para a conquista de mais bem-estar e qualidade de vida.

Os primeiros pontos que devem ser avaliados sobre o instrutor são: o seu conhecimento sobre o método, sua comunicação com o aluno, as correções que ele faz durante a execução dos exercícios, sua empatia, o correto manuseio dos equipamentos, entre outras questões.

Confira alguns comportamentos que indicam que o professor de pilates é bem preparado e tem boa formação!

Características de um bom professor de Pilates

Visualiza a execução – O bom professor consegue enxergar o que está acontecendo com o corpo do aluno.

Dá feedback – Ele usa seus recursos para ajudar o aluno a executar melhor o exercício.

Planeja a aula com começo, meio e fim – Desde o aquecimento, passando pela parte principal até a volta à calma existe uma conexão entre o que é passado, pensando sempre no objetivo do aluno e no foco da aula.

Elabora a aula com objetivo bem definido – O bom professor sabe exatamente o que precisa ser desenvolvido com o aluno/turma, com base no estágio atual.

Sabe aplicar modificações/adaptações de acordo com a necessidade – O profissional tem conhecimento de variações dos exercícios e sabe aplicá-lo de acordo com o que o aluno tem de limitação ou apresenta de dificuldade no momento da aula.

Tem conhecimento pleno sobre biomecânica, fisiologia do exercício e patologias – Ele domina esses conhecimentos que são essenciais para entender melhor o método Pilates e necessários para selecionar os exercícios.

Gestão de clientes – Tem conhecimento sobre gestão e administração de seus clientes, boa comunicação e liderança para manter a organização da turma e sua motivação.

Atualização constante – Está sempre buscando se atualizar com as novidades, não só sobre Pilates, mas que também envolvam melhorias para suas competências de comunicação, gestão dos clientes e liderança.

Venha conhecer os professores da HT Pilates e confira, na prática, todas essas habilidades tão importantes!

Como avaliar uma aula de Pilates Boa x uma aula de Pilates Ruim

Existem critérios que ajudam a avaliar e distinguir uma aula de pilates boa de uma aula de pilates ruim. De uma maneira geral, essa avaliação é feita levando em consideração a estrutura física do estúdio de pilates, a formação dos professores e, principalmente, a didática.

Para que uma aula de pilates seja realmente boa e eficaz para a melhoria da qualidade de vida e da consciência corporal, é preciso que os professores estejam em verdadeira sintonia com os alunos, transmitindo a eles um aprendizado profundo e qualificado. Para isso, é importante corrigir os alunos, fazer com que eles entendam de verdade os movimentos e conhecer os objetivos de cada um dentro da prática do pilates.

Para facilitar essa avaliação e ajudá-lo a diferenciar uma boa aula de uma aula ruim, separamos alguns pontos importantes e que merecem atenção no momento de se matricular em um estúdio de pilates. Confira as dicas e observe estes critérios na hora de escolher seu professor e sua aula!

Características de uma Aula de Pilates Boa:

  • Aprimora a execução dos princípios;
  • Proporciona aprendizado sobre o corpo e o que é necessário para os alinhamentos;
  • Tem objetivo bem definido;
  • A sequência de exercícios evolui de acordo com cada etapa da aula, criando uma lógica, ritmo e relação;
  • Proporciona atenção total na execução dos exercícios;
  • O estímulo muscular atinge um nível próximo do limite, respeitando cada indivíduo;
  • Existe uma relação começo, meio e fim.

Características de uma Aula de Pilates Ruim

  • Começa direto nos principais exercícios sem preparar o aluno;
  • Os movimentos são executados sem nenhuma preocupação de alinhamento;
  • Sem foco/objetivo;
  • Não existe uma sequência lógica, fazendo com que a aula não tenha ritmo;
  • Executa os movimentos sem perceber o que está acontecendo com o corpo;
  • O estímulo muscular é aquém ou além dos limites do aluno;
  • A parte inicial não dá subsídios para a parte principal, e a parte final não tem relação com a parte principal.

Se você está em busca de um estúdio de pilates realmente comprometido com seus alunos e que oferece professores especializados e com formação internacional, venha para a HT Pilates e tenha disposição sempre!

Exercícios de Pilates para pessoas que trabalham sentadas

Atualmente, estima-se que 75% dos profissionais que atuam em países industrializados permanecem sentados na maior parte do tempo em que estão no ambiente corporativo. Se fosse somado o tempo que essas pessoas ficam sentadas, a maioria com postura incorreta e que causa a chamada “lesão postural”, seriam incontáveis horas de sobrecarga nos músculos lombares e abdominais.

Quantos profissionais ficam praticamente sentados durante toda a jornada de trabalho? São médicos, dentistas, advogados, administradores, bancários, engenheiros, secretários, alfaiates, costureiras, professores… a lista parece não ter fim!

De fato, existe uma relação de perda da qualidade de vida e, até mesmo, de aumento de lesões que estão associadas ao trabalho feito com uma postura mantida por muito tempo, principalmente se for sentada.

Os principais sintomas são dor na coluna e no pescoço, que surgem por causa de vários problemas em pessoas que ficam sentadas por muito tempo. Além disso, essas pessoas também estão mais predispostas a:

  • Fraqueza muscular;
  • Desvio de coluna;
  • Má formação da consciência corporal;
  • Falta de conhecimento para adotar posturas saudáveis.

Em geral, todos estes problemas se concentram em uma pessoa que fica sentada por longos períodos. O resultado é muito preocupante, pois alguns músculos da coluna e do pescoço ficam sobrecarregados, assim como alguns ligamentos que, em uma postura descompensada, fazem mais força do que deveriam, ficando muito estirados ou até mesmo torcidos.

O Pilates é a melhor solução para pessoas que trabalham sentadas

As pessoas que trabalham sentadas podem aproveitar as vantagens do Pilates, com exercícios de fortalecimento muscular e alongamento para prevenir lesões e fazer o tratamento de problemas já adquiridos. O Pilates é completo e inclui práticas de reeducação postural e conscientização corporal, deixando o dia a dia mais agradável, interessante, sem dores e com muita disposição!

De novo, não custa repetir: a sugestão é fazer Pilates! O Pilates é um treino de fortalecimento de músculos que estão enfraquecidos, alguns quase esquecidos em uma rotina sedentária. Além disso, a prática frequente aumenta a mobilidade das articulações, estimulando a flexibilidade.

Em pouco tempo, o equilíbrio também fica mais aguçado, justamente por causa de exercícios feitos devagar, com concentração, com o intuito de conhecer o próprio corpo para, em seguida, promover a reeducação dos movimentos e posturas. É uma prática relaxante, que não causa irritação e nem estresse ao aluno.

O Pilates é indicado para pessoas que trabalham sentadas porque todos os exercícios ajudam a promover o alinhamento postural. Depois de algumas aulas, já é possível perceber o músculo mais tonificado e forte, deixando o aspecto geral mais saudável, em perfeita harmonia.

Quer saber outros benefícios do Pilates?

  • A prática ajuda na coordenação motora;
  • Aulas regulares melhoram o nível de concentração no próprio trabalho;
  • É possível ter um ótimo condicionamento físico com a prática de Pilates.

Para saber mais, aproveite o cupom promocional da HT Pilates e venha fazer uma aula com a gente!

Aprenda 5 exercícios de Pilates para melhorar sua performance no Cross Fit e ajudar a prevenir lesões

O cross fit é uma das atividades físicas mais famosas do momento. Além de ser um exercício com alto índice de queima calórica, ele também exige muita força, agilidade e resistência.

Para melhorar a performance no cross fit, muitas pessoas já estão recorrendo ao pilates, uma vez que ele proporciona todos os benefícios necessários para conquistar treinos com melhor desempenho.

Se você tem interesse em uma dessas duas atividades, não deixe de ler a lista que fizemos sobre os melhores exercícios de pilates para quem pratica cross fit. Essa junção pode trazer resultados incríveis à performance do seu treino!

Veja quais são os exercícios que aprimoram o desempenho no Cross Fit

Cisne: esse exercício não é muito complicado e é ótimo para a coluna e o abdômen, promovendo alongamento dessas duas regiões.

Swimming: um exercício realizado no solo e que pode ser feito durante as aulas de pilates ou também em casa. Ele contribuiu para o fortalecimento muscular do praticante.

The roll up: o roll up é realizado em cima de um colchonete. Ele é um exercício clássico do pilates e muito indicado para aqueles que buscam uma melhora na performance. A atividade favorece a força abdominal e ajuda na articulação da coluna.

Side bend: esse exercício é, basicamente, uma inclinação lateral e é possível realizá-lo em aula, em casa ou até ao ar livre. A atividade ajuda no fortalecimento dos músculos.

Shell on the ball: essa atividade é muito completa e trabalha com os mais diversos grupos corporais. O exercício é realizado com a bola do pilates e ajuda no equilíbrio, além de aumentar a força nos membros superiores, glúteo e abdômen.

Conquistar uma boa preparação física pode ser mais fácil do que você imagina. Com a ajuda do pilates, sua performance vai melhorar e suas aulas de cross fit serão muito mais proveitosas.

Entre em contato com a HT Pilates e comece essa atividade física agora mesmo. Não esqueça de preencher o nosso formulário e fazer uma aula experimental.

5 exercícios de Pilates para aliviar a dor na coluna

A dor na coluna faz parte da rotina de muitos brasileiros. Infelizmente, esse tipo de incômodo pode atrapalhar a rotina de trabalho, estudos e até de cuidados com a casa. Mas existem formas de aliviar essa dor, e uma das saídas é fazer os exercícios do pilates.

O pilates é indicado para todos os tipos de pessoas, independentemente da idade ou momento da vida. Ele é ótimo para os idosos, mulheres grávidas, pessoas que sofrem com ansiedade e estresse e até aqueles que são acometidos pelas dores na coluna.

Abaixo, listamos alguns tipos de exercícios de pilates que ajudam a aliviar essas dores. Veja:

The roll up: o exercício conhecido como roll up é excelente para a articulação da coluna e ajuda no fortalecimento abdominal.

Alongamento: o alongamento é indicado para as pessoas com dores na coluna, pois reduz as chances de lesões e auxilia no relaxamento muscular.

Elevação do quadril: esse tipo de elevação fortalece e tonifica os músculos da coluna vertebral, ajudando o praticante a ter uma melhor postura e, consequentemente, a aliviar a dor que sente nas costas.

Tree: o tree é um exercício muito conhecido no pilates. Ele trabalha as panturrilhas e a extensão da coluna, o que ajuda no alívio das dores.

Ponte: a ponte, também conhecida como shoulder bridge, é um dos melhores exercícios para as pessoas que sofrem com esse tipo de dor. Ela ajuda a manter a coluna mais saudável e aumenta a resistência do praticante.

Recomendações importantes

Uma das recomendações para quem está começando a fazer atividade física, como o pilates, é procurar um profissional especializado, para que ele possa fazer uma análise individual e sugerir uma série de exercícios planejada. Depois disso, você conseguirá praticar o pilates com total segurança.

Agora que você já sabe todos os benefícios da atividade para as pessoas com dores na coluna, não deixe de colocar o pilates na sua rotina e sinta a melhora de seus sintomas em um curto espaço de tempo. Para fazer uma aula experimental, entre em contato com a HT Pilates.

Vida nova: conheça 5 exercícios de Pilates perfeitos para quem está sedentário

Você é sedentário, quer começar a se movimentar, mas não sabe como? Então, veja as dicas que separamos para você e não perca mais tempo. Comece agora mesmo a mudar a sua rotina!

O primeiro passo para sair do sedentarismo e conquistar uma vida nova é escolher uma atividade física que seja prazerosa e que dê vontade de praticar. Uma ótima opção é o pilates!

Além de ser um exercício que traz inúmeros benefícios para a saúde e o bem-estar, o pilates também é uma excelente escolha pois é apropriado para as mais diferentes pessoas e idades, podendo ser praticado até por idosos e durante a gravidez.

Mas claro que os exercícios para quem está começando devem ser muito bem pensados. Por isso, separamos algumas opções para você que está saindo do sedentarismo. Veja:

Alongamento: o alongamento é um exercício muito praticado no pilates. Ele é indicado para todas as idades.

Exercícios com bola: se você conhece alguém que pratica o pilates, com certeza já deve ter ouvido falar das bolas utilizadas durante a aula. É possível fazer os mais diversos exercícios com essas bolas e pode ser uma ótima escolha para quem está começando.

Bicicleta no chão: esse exercício simula os movimentos na bicicleta e é muito bom para os principiantes no pilates, uma vez que estimula bastante o corpo e já ajuda a fortalecer os músculos.

Elevação do quadril: um exercício que requer um nível alto de esforço e que pode ser praticado em casa, estimulando os principiantes a treinarem também quando estiverem fora da sala de aula.

Tesoura: a tesoura é muita conhecida no pilates e praticada por alunos novos, mas também por pessoas que já são adeptas da atividade há um bom tempo.

Independentemente de qual dos cinco exercícios você escolher fazer primeiro, lembre-se que é fundamental a orientação de um profissional especializado, principalmente no início da prática esportiva.

Quer conhecer mais sobre o pilates? Entre em contato com a HT Pilates! Preencha o nosso formulário e marque uma aula experimental. Esse será o início de uma vida nova para você!

Pesquisas mostram por que o Pilates é tão bom para as mulheres

O pilates é indicado para pessoas com os mais diferentes objetivos, mas quando se trata da saúda da mulher, ficam ainda mais evidentes os benefícios dessa atividade.

Inúmeras pesquisas já revelaram a importância de uma rotina de exercícios físicos para o público feminino, uma vez que eles trazem mais qualidade de vida e bem-estar às praticantes. No que diz respeito ao pilates, o exercício ajuda o sexo feminino na gravidez, no pós-parto, na prevenção de doenças, na melhora de inúmeros aspectos e também contribui quando a mulher atinge a terceira idade. Veja a lista que fizemos sobre o tema:

Mulheres ansiosas: a rotina da mulher trabalhadora e que cuida dos filhos pode ser muito exaustiva e causar ansiedade. Nesse aspecto, o pilates ajuda no controle, na concentração e na diminuição da ansiedade.

Mulheres que sofrem com a TPM: a TPM é um problema comum no universo feminino, e esse estresse pode prejudicar, e muito, a vida da mulher. Por isso, praticar o pilates, exercício que ajuda no alívio da tensão, é importante para a saúde física e emocional.

Mulheres grávidas: a gravidez é uma época marcante na vida da mulher e tornar esse momento mais prazeroso é o desejo de todas elas. A prática do pilates durante a gestação só traz benefícios à mãe e ao bebê, contribuindo até para o aumento da chance de ter um parto normal.

Mulheres que estão na menopausa: a menopausa é uma fase inevitável na vida da mulher, mas tornar essa transição menos conturbada é a escolha de todo o universo feminino. Uma saída é o pilates, uma vez que ele deixa mais amenos os sintomas da variação hormonal.

Mulheres com osteoporose: por ser uma atividade física que envolve todo o corpo, o pilates ajuda no tratamento da osteoporose, melhora a resistência física e aumenta a força.

Mulheres que buscam a silhueta fina: ter curvas acentuadas e um corpo mais fino é o objetivo de muitas mulheres. Para isso, pratique o pilates e garanta uma silhueta bonita com a prática regular dos exercícios.

Preencha o formulário da HT Pilates e comece a prática dessa atividade o mais rápido possível.

Entenda por que o Pilates é fundamental para quem está na melhor idade. 6 dicas para evitar acidentes em casa e na rua!

A melhor idade é uma época da vida que merece cuidados redobrados. O idoso precisa manter uma vida ativa e, para isso, a prática de pilates é ideal, sempre com um programa individualizado e orientações de profissionais especializados.

Essa atividade é muito indicada às pessoas que estão na melhor idade, uma vez que o pilates ajuda no equilíbrio, na postura e na melhora da força muscular. Além de todos esses benefícios, o pilates também contribui para a qualidade de vida do idoso e melhora a sua autoestima, confiança e bem-estar.

A prática do pilates pode ajudar a prevenir acidentes em casa e na rua, já que trabalha e fortalece o corpo do idoso. Confira abaixo algumas dicas que também são importantes para esse tipo de prevenção!

  1. Não use tapetes escorregadios: essa dica é útil para os idosos que não praticam atividade física, mas também para aqueles que são ativos. Hoje em dia, é comum o uso de tapetes durante os exercícios realizados em casa, mas é preciso escolher muito bem qual o idoso irá usar, para que o item não cause acidentes.
  2. Seja ativo, mas com cuidado: a atividade física é importante em qualquer época da vida, mas quando atingimos uma idade mais avançada, fica ainda mais imprescindível manter uma rotina de exercícios. O importante é fazer uma atividade adequada à idade e que não cause riscos ao idoso.
  3. A importância do fortalecimento muscular: uma porcentagem alta dos acidentes com idosos é causada por quedas ou desequilíbrios. Por isso, é indicado que o idoso busque atividades físicas que favoreçam o fortalecimento muscular, como o pilates.
  4. Vá regularmente ao médico: consultar o médico tem que ser uma rotina na vida de todos nós, ainda mais na terceira idade. Portanto, não deixe que o idoso esqueça de ir ao médico. Para aqueles que praticam atividades regulares é ainda mais importante um acompanhamento contínuo com um especialista.
  5. Cuidado com objetos perigosos: alguns objetos podem se tornar um verdadeiro perigo aos idosos. Por esse motivo, é importante que eles recebam orientação especializada na prática de exercícios físicos.
  6. Não faça esforço excessivo: todas as idades possuem limitações e é importante que o idoso saiba reconhecer as suas e aprenda a lidar com elas. O esforço excessivo, por exemplo, pode prejudicar muito a terceira idade e até causar acidentes graves.

Entre em contato com a HT Pilates e comece agora a mesmo a deixar sua rotina mais ativa, mas sem esquecer dos cuidados necessários que previnem o idoso de possíveis acidentes.