5 exercícios de Pilates para melhorar a postura!

texto-3-5-exercicios-de-pilates-para-melhorar-a-postura

Diversas situações ao longo do dia a dia podem gerar vícios no corpo humano, acarretando a má postura. Um exemplo é o que você está fazendo agora: navegar na internet. De acordo com estudos realizados na Universidade de Stamford, em Connecticut, nos Estados Unidos, existem pessoas que inclinam a cabeça de cinco a sete centímetros para frente, em direção ao monitor, quando se sentam para usar o computador. Isso pode significar cerca de 13 quilos de peso extra sobre a espinha dorsal.

E as consequências não são nada agradáveis. Enxaquecas, dores na mandíbula e, até mesmo, dificuldades para respirar, devido à alta pressão exercida pela contração do peito sobre os pulmões, são alguns sintomas desse hábito. Para evitar estas condições, existem exercícios básicos de Pilates, que podem ser facilmente realizados, capazes de aliviar os problemas. Confira!

 

Exercício 1

Para realizar essa atividade, basta que você permaneça com os braços esticados lateralmente, na altura do ombro. Os cotovelos devem ser flexionados, de modo a deixar as mãos para cima. Mantenha-se nessa posição entre um e três minutos. Certifique-se de que sua cabeça esteja ereta. Encoste costas e braços por completo na parede.

 

Exercício 2

Fique na posição de quatro apoios, com mãos e joelhos sobre o chão. Em seguida, estique um dos braços até a altura do ombro, ao mesmo tempo em que eleva a perna contrária, em linha reta ao quadril. Isto é, caso tenha tensionado o braço direito, a perna suspensa deverá ser a esquerda, e vice-versa. Permaneça na posição por cerca de um minuto e, em seguida, troque os membros. Realize quatro séries de um minuto cada.

 

Exercício 3

Durante a realização deste exercício, use um colchonete para se deitar de barriga para cima. Deixe um travesseiro sob suas costas e pressione os joelhos contra o solo. Ao mesmo tempo, contraia os glúteos enquanto abre o peito e tenta “unir” os ombros. As palmas das mãos devem estar viradas para cima. Permaneça nessa posição de 20 a 30 segundos e, em seguida, relaxe respirando profundamente. A atividade deve ser repetida cinco vezes.

 

Exercício 4

Mantenha a mesma posição do exercício anterior, mas levante os braços até a altura da cabeça. Busque pressioná-los contra o colchonete. Assim como na atividade do exercício 3, repita o ato cinco vezes, de 20 a 30 segundos.

 

Exercício 5

Ainda deitado no colchonete, flexione os joelhos e mantenha os braços abertos a 90°, na direção dos ombros, sobre o chão. Com estes membros, realize uma pressão no solo, acompanhando a ação com a cabeça, enquanto respira fundo. Repita o exercício cinco vezes.

 

Para essas e outras dicas, consulte a equipe da HT Pilates! Os professores podem orientá-lo da melhor maneira possível!

Você é motociclista? O Pilates pode te ajudar!

A prática do motociclismo exige muita destreza e disposição física. Ao estarem expostos a longos períodos na estrada, sobre o veículo, os pilotos, muitas vezes, acabam por desencadear problemas de saúde. A posição sentada, sem apoio algum para a região lombar, pode acarretar lesões.

E não é só isso! Há, ainda, os riscos devido aos movimentos dos punhos e dos dedos, ao acelerar ou frear a motocicleta, bem como a tensão extra sobre os ombros, braços e regiões cervical e de peitoral, que pode levar a disfunções nos músculos e no sistema circulatório.

Para que os vícios do corpo sejam contornados e o organismo volte a fluir por completo, as questões negativas podem ser minimizadas e, até mesmo, corrigidas com o auxílio de alguma atividade física. Neste contexto, o Pilates é um grande auxílio para promover a conciliação entre a plena saúde e o prazer de se pilotar uma moto.

Disfunções comuns em motociclistas

Dentre as disfunções mais comumente observadas em indivíduos que praticam o motociclismo, podem ser citadas:

  • Dores na região lombar;
  • Dores nos joelhos e membros inferiores;
  • Dores nos punhos;
  • Lesões recorrentes de quedas;
  • Problemas na coluna, devido à má postura.

É importante ressaltar que cada modelo de moto exige cuidados específicos com determinadas partes do corpo. Nos modelos em que o guidão é mais alto do que o assento, por exemplo, a sobrecarga na lombar é maior. Já nos veículos esportivos, é comum a ocorrência de uma postura mais “deitada” para pilotar, sobrecarregando os braços.

De maneira geral, o motociclista deve buscar se posicionar de modo a permanecer com a coluna mais ereta possível, com a cabeça levantada e os cotovelos flexionados. Os joelhos precisam pressionar o veículo, para facilitar o movimento, e os pés devem ficar paralelos ao solo.

O Pilates na vida dos motociclistas

O Pilates se torna essencial na vida do motociclista a partir do momento em que oferece consciência corporal. Este fator possibilita ao condutor a correção de sua postura, aliviando a pressão muscular em determinados pontos.

Ao praticar Pilates, o indivíduo passa a atuar com o corpo todo alongado, o que fortalece os músculos. Isso colabora com o equilíbrio, além de promover outros benefícios, como melhorias na coordenação motora e a diminuição das sensações de estresse e ansiedade.

Deixe as dores de lado e comece, hoje mesmo, uma nova vida sobre duas rodas. Conheça as atividades oferecidas pela HT Pilates!

Como o Pilates pode ajudar quem tem hérnia de disco

A hérnia de disco é um problema que atinge diversas pessoas no mundo todo. Só em nosso país, dados recentes divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelaram que há cerca de 5,4 milhões de pacientes. Muitas vezes, esses indivíduos confundem a patologia com uma dor no nervo ciático, mas a verdade é que a hérnia de disco pode comprometer a coluna, estando associada à má postura, às fraturas e outras condições de saúde.
Tratando a hérnia de disco através do Pilates

Existem fatores internos e externos ao organismo capazes de causar uma hérnia de disco. Entre os externos, podem ser listados os esforços físicos em excesso, enquanto nos internos estão questões como a hereditariedade. Sejam quais forem as causas, uma das primeiras recomendações dadas aos pacientes é: tenha cuidado com os movimentos que vai realizar.

Nem sempre a hérnia vai doer ou incomodar apenas nos momentos em que o nervo for tocado. É por isso que a melhor medida a ser tomada é aprender a se movimentar corretamente, a fim de adequar as ações do dia a dia à condição do paciente.

O Pilates é um grande aliado ao longo do tratamento da hérnia de disco, pois promove uma consciência corporal importante para evitar ou minimizar as dores. O ideal é que as aulas sejam construídas com cuidado, de forma personalizada para o cliente que sofre com hérnia de disco.

A aula de Pilates ideal

Durante as aulas de Pilates de um aluno que sofre com hérnia de disco, o ideal é trabalhar o músculo Psoas, um dos mais profundos e estabilizadores do corpo humano. Ele afeta a amplitude dos movimentos, a mobilidade articular, o equilíbrio estrutural e o funcionamento dos órgãos localizados na região do abdômen.

Na condição da patologia, tal musculatura normalmente se encontra “encurtada” e, com isso, enfraquecida. O fortalecimento deve se dar por meio de alongamentos. O quadrado lombar também necessita ser trabalhado, para garantir a diminuição dos quadros de dor.

A ativação da musculatura profunda separa as vértebras, aumenta o espaço muscular e é imprescindível para aliviar as dores causadas pela hérnia de disco. Conheça essas e outras vantagens dos exercícios junto à HT Pilates! Agende, agora mesmo, uma aula experimental.

Você sabia que o Pilates facilita a atividade de parto?

A gestação é um momento mágico na vida da mulher, e pode se tornar ainda mais especial e plena com a prática de uma atividade física como o pilates. O método é perfeito para as gestantes e vem sendo amplamente indicado pelos médicos, pois melhora a saúde da mãe e do bebê.

A recomendação é que a gestante converse sempre com seu médico e obtenha a liberação para praticar a atividade a partir do terceiro mês de gravidez. Para isso, é importante que o responsável pelo pré-natal não constate nenhuma contraindicação médica que impeça a atividade.

Quando praticado entre o terceiro e o sétimo mês de gravidez, o pilates pode contribuir muito para as condições gerais de saúde da mãe e pode, até mesmo, facilitar a atividade do parto! Os movimentos do pilates fortalecem o corpo, controlam o ganho de peso, aliviam dores decorrentes da gestação e melhoram a postura da futura mamãe.

Além disso, o pilates também ajuda no sentido de aliviar câimbras e minimizar os incômodos inchaços da gestação. No momento do parto normal, os principais benefícios do pilates estão relacionados ao controle da respiração, à consciência corporal e ao preparo dos músculos do assoalho pélvico.

A técnica também prepara a mãe para se sentir mais relaxada e pronta para o parto, e contribui para aliviar a ansiedade, tão frequente durante essa fase.

Como é o pilates durante a gestação?

Durante a gravidez, a prática do pilates foca os exercícios de respiração, os exercícios isométricos para a coluna, que evitam dores na região lombar, e outras atividades leves e personalizadas. O método melhora o alongamento e a flexibilidade da gestante e ainda ajuda no pós-parto, fazendo com que a mamãe se recupere mais rapidamente.

Converse com o seu médico e faça uma visita à HT Pilates. Aqui, você vai encontrar professores com formação internacional e totalmente preparados para te guiar pela prática do pilates durante a gestação!

Pilates para aumentar a expectativa de vida e a longevidade

Você sabia que o pilates ajuda a aumentar a expectativa de vida e leva à longevidade? O método, quando aliado a uma alimentação saudável e a bons hábitos de vida, pode fazer com que uma pessoa viva mais e melhor!

A prática do pilates é democrática, pois pode ser feita por qualquer pessoa, até mesmo na terceira idade ou durante a gestação. O método traz bem-estar, proporciona mais qualidade de vida e amplia significativamente a longevidade de seus praticantes.

Com benefícios como equilíbrio corporal, melhora no desempenho físico e na disposição, ganho de força muscular e prevenção de doenças degenerativas, o pilates é ideal para quem busca um exercício que trabalhe o corpo de forma global e ainda aumente a flexibilidade e a saúde física e mental.

O método é baseado na reeducação postural e conscientização corporal e contempla exercícios com movimentos controlados e precisos, sem impactos negativos para as articulações.

Confira os principais benefícios do Pilates:

  • Alívio de dores crônicas;
  • Menos estresse no dia a dia;
  • Melhora no sistema circulatório e na oxigenação dos tecidos e do sangue;
  • Relaxamento;
  • Flexibilidade;
  • Controle da respiração;
  • Aprimoramento da capacidade cardiovascular;
  • Consciência corporal;
  • Mais condicionamento físico;
  • Perda de peso;
  • Melhoria na coordenação motora;
  • Correção da postura;
  • Entre outros.

A combinação de todos estes benefícios leva o aluno a uma vida mais saudável e plena. Dessa forma, o pilates também pode ser compreendido como uma técnica preventiva, que evita ou reduz a ocorrência de doenças, como osteoporose e problemas de articulações, principalmente entre os idosos.

Além disso, ao fortalecer os músculos e melhorar o equilíbrio, o pilates também evita acidentes, como quedas e fraturas, tão comuns entre idosos sedentários.

Faça uma visita à HT Pilates e conheça melhor os benefícios da técnica. Ao iniciar o método, você ganhará mais força, coordenação motora, disposição e saúde, além de aliviar dores lombares e conquistar mais autoestima e autoconfiança.

Pilates ajuda no fortalecimento do corpo e da mente em todas as idades

Uma das modalidades mais abrangentes em termos de cuidados e benefícios para o corpo e para a mente é o Pilates. Essa técnica é completa, trabalhando, ao mesmo tempo, a tonificação do corpo e a harmonização da mente e das emoções.

Ao praticar pilates, o aluno ganha mais concentração, consciência corporal, força muscular, saúde e equilíbrio. Além disso, a prática também é ideal para melhorar a respiração, corrigir a postura e alongar o corpo.

O resultado do pilates, em curto prazo, é uma vida mais saudável, com mais disposição, menos dores musculares e muito mais felicidade. O método, criado em 1920, por Joseph Pilates, é ideal para todas as idades e ajuda a fortalecer corpo e mente por meio de uma verdadeira reeducação dos movimentos corporais do praticante.

Como o pilates fortalece corpo e mente?

A prática regular do pilates, além de trazer melhorias estéticas, como o condicionamento físico e o emagrecimento, também ajuda a aliviar o estresse e o cansaço do dia a dia. Os exercícios contribuem para elevar a autoestima dos alunos, tonifica a musculatura, alinha a coluna e garante plena sintonia entre corpo e mente.

Com todos estes benefícios, o aluno torna sua rotina mais ativa, prazerosa e equilibrada e, consequentemente, se sente mais fortalecido. O método também aprimora a mobilidade do corpo, ajuda a evitar condições degenerativas na coluna e realiza uma grande reabilitação do corpo e da saúde emocional dos indivíduos.

Os primeiros sinais de mudança já começam logo no início da prática do pilates, quando o aluno passa a prestar mais atenção em seu corpo e em seus movimentos. Essa consciência corporal também promove uma melhoria no equilíbrio interno do corpo, acalmando a mente, reduzindo níveis de pressão arterial e melhorando a circulação sanguínea.

Que tal começar a praticar o pilates para acalmar a mente e conquistar o condicionamento físico que você sempre desejou? Venha fazer uma aula experimental na HT Pilates, em São Paulo!

Conheça todos os princípios do Pilates e sua importância para evoluir nas aulas

O método pilates é baseado em alguns princípios, também chamados de fundamentos. São direcionamentos que ajudam os praticantes a encontrarem o equilíbrio e a aproveitarem plenamente os benefícios dessa modalidade que preza pelo controle da mente e do corpo.

Entre os fundamentos do pilates estão a respiração, o controle, a concentração, a precisão e a fluidez. Quando compreendidos e praticados, os princípios contribuem para a harmonização do corpo e da mente e para o desenvolvimento da consciência corporal. Além disso, eles são extremamente importantes para quem deseja evoluir na prática do pilates!

Os fundamentos se concentram em aspectos emocionais, anatômicos e fisiológicos dos praticantes, em busca de resultados visíveis na melhoria da qualidade de vida, do condicionamento físico, da força muscular, do aprimoramento postural e do equilíbrio para corpo e mente.

Conheça os princípios do pilates e saiba como praticá-los:

Respiração – O pilates exige uma coordenação perfeita entre os movimentos e a respiração. O ritmo em que o aluno respira favorece o relaxamento e aprimora a resposta muscular, melhorando também a ação dos pulmões, os processos metabólicos do organismo e a oxigenação dos tecidos.

Concentração Na prática do pilates, os instrutores auxiliam os alunos a voltarem sua atenção totalmente para o seu próprio corpo, sentindo cada movimento e percebendo como o organismo responde a cada exercício. Isso ajuda a criar a consciência e o domínio corporal, além de integrar corpo e mente.

Controle – O controle dos movimentos também é fundamental no pilates, pois melhora a compreensão do aluno sobre sua atividade motora. A coordenação muscular também ajuda a evitar lesões e movimentos inadequados.

Precisão – A precisão dos movimentos também é importante no pilates. Essa precisão contribui para o realinhamento postural e garante mais equilíbrio para o corpo.

Fluidez – A fluidez é o princípio que garante a continuidade, a leveza e o controle de todos os movimentos. Ela impede que impactos negativos sobrecarreguem o corpo e ajuda a conservar a saúde e a qualidade de vida.

Converse com seu instrutor sobre cada um dos princípios do pilates e saiba como aprimorar cada um dos pontos citados acima!

Preencha o formulário da HT Pilates e comece a prática dessa atividade o mais rápido possível.

Está com dor nas costas e nas pernas? O Pilates é ótimo para ajustar a postura e melhorar a qualidade de vida!

Existem vários motivos para dores nas costas e nas pernas. Em muitos casos, elas estão associadas à irradiação no nervo ciático e, além de causarem grande desconforto na região lombar, podem atingir os pés e as coxas.

O Pilates, uma prática para fortalecimento muscular e reeducação da postura por completo, organiza uma série de exercícios para as pernas e para as costas.

Além dos casos que atingem o nervo ciático, muitas pessoas sentem dores causadas pela lombalgia, com a sensação de estar com a coluna “travada”. Outros tantos problemas de dor nas costas e nas pernas são relatados por pessoas que estão na terceira idade, trabalhadores que ficam sentados ou em pé por muito tempo, praticantes de algumas modalidades esportivas que exigem bastante desempenho, entre muitos outros casos.

Não tem como escapar: as costas e as pernas são responsáveis por sustentar o nosso corpo e mantê-lo em equilíbrio e, por isso mesmo, precisam de alongamento, fortalecimento muscular, além de uma postura correta e saudável.

O Pilates ajuda a aliviar a dor nas costas, nas pernas e melhora a qualidade de vida

O tratamento para dores nas costas e nas pernas com o Pilates começa com a reeducação postural. A postura incorreta, que sobrecarrega a região lombar e força demais as articulações das pernas, é a principal responsável pela causa de dor. A prática de alguns exercícios já traz alívio imediato.

No caso de lombalgias, os médicos aconselham o tratamento com Pilates para ajudar na reabilitação do paciente. Os exercícios feitos em equipamentos individuais, com bola e com o apoio de professores com formação na área, são ideais para fortalecer a musculatura, criar a consciência corporal, aumentar a concentração dos alunos e trazer uma série de benefícios, como:

  • Aumento do equilíbrio corporal e da estabilidade da coluna;
  • Realização de movimentos mais precisos;
  • O aluno passa a adotar uma postura correta;
  • O praticante apresenta mais vigor físico;
  • Criação e manutenção da consciência corporal;
  • Flexibilidade com músculos muito bem alongados;
  • Exercícios para fortalecimento muscular.

O resultado do Pilates é ótimo para o alívio das dores nas costas e nas pernas porque a atividade envolve todos os grupos musculares, aumentando o espaço entre as vértebras da coluna e adicionando mais resistência física aos praticantes. Músculos mais fortes sustentam melhor o peso do corpo!

Muitos alunos que iniciaram a prática em busca de qualidade de vida relatam que as dores diminuíram muito ou, até mesmo, sumiram com as aulas regulares de Pilates.

Converse com o seu médico e faça uma visita à HT Pilates.

Gosta de jogar golfe? Saiba como o Pilates pode ajudar a melhorar sua performance!

Os jogadores de golfe, sejam eles profissionais ou amadores, aqueles que gostam de se divertir com o esporte, mas que levam o golfe a sério, podem aproveitar uma série de exercícios de Pilates para melhorar a performance na modalidade e, como consequência, evitar o aparecimento de lesões.

O Pilates é holístico, isso quer dizer completo. Nas aulas coordenadas por professores capacitados e formados na área, os exercícios trabalham o corpo inteiro, com o fortalecimento da coluna, dos braços e das pernas. Saiba como o Pilates ajuda diretamente os praticantes de golfe!

Quais são os benefícios que o Pilates traz para pessoas que gostam de jogar golfe?

Os jogadores de golfe precisam de fortalecimento corporal, principalmente no abdômen e na coluna, consideradas áreas que formam a estrutura central. Para fazer o swing, os jogadores de golfe precisam de uma coluna fortificada. O Pilates ensina a fazer o movimento de forma consciente, garantindo o máximo de precisão.

A flexibilidade também é muito importante para a prática de esportes, principalmente para o golfe. O swing é feito de forma intensa e repetitiva. Para acertar e não se machucar, é fundamental ter os músculos bem alongados. O Pilates também é ideal para alongamento e fortalecimento dos músculos da coxa, evitando lombalgia, lordose e problemas no nervo ciático. Bem preparados, os jogadores de golfe conseguem ótimos resultados.

A prática regular de golfe ainda requer o fortalecimento da estrutura que envolve o tendão supraespinhoso, para evitar tendinite e facilitar os movimentos de swing. O Pilates oferece uma série de exercícios importantes para os ombros, deixando a musculatura mais forte e estável, fundamental para o bom desempenho na modalidade esportiva!

Os jogadores de golfe realizam o swing no mesmo lado. O Pilates impede que o excesso de movimentos repetidos com um mesmo grupo muscular cause estresse localizado, desajustes na postura e o encurtamento muscular. Se o jogador de golfe, por causa do próprio estilo do esporte, utiliza apenas um lado do corpo para fazer os movimentos mais intensos, durante a prática de Pilates ele vai trabalhar o corpo de forma completa, fazendo a compensação muscular.

O golfe requer força nos braços e nas mãos. Em uma série personalizada, o Pilates garante exercícios perfeitos para trabalhar uma pegada mais eficiente e produtiva durante as partidas, assim como para aumentar a coordenação motora.

Os exercícios de Pilates protegem e reforçam todas as articulações que são muito exigidas nos movimentos rotativos do golfe. Existem também exercícios feitos para a correção das pernas arqueadas.

Na aula de Pilates organizada por professores experientes e capacitados, os alunos fazem os exercícios de forma muito lenta, o que favorece a concentração e a consciência corporal. Para o desempenho no golfe, a concentração é um diferencial muito valioso.

Outra vantagem do Pilates é a redução do estresse e o aumento da qualidade de vida. Relaxados, os jogadores de golfe realizam ótimas partidas! Venha para a HT Pilates e saiba mais!

5 dicas de exercícios de Pilates para quem quer se manter em forma durante o Outono/Inverno

Para se manter em forma, principalmente durante o inverno, é preciso muita dedicação e boa vontade. O Pilates, uma atividade completa, tem ótimos exercícios que podem estimular pessoas a não perderem o ritmo e a manterem a qualidade de vida em épocas de temperaturas mais amenas.

Confira 5 dicas de ótimos exercícios para ficar em forma nos meses frios do ano:

Dica 1: Um exercício que faz bastante sucesso é a ponte sobre os ombros, uma tradução livre do Shoulder Bridge. Os movimentos são feitos para fortalecimento dos músculos do glúteo e da coluna. A posição é realizada com o suporte de professores formados na área. Os alunos se apoiam nos quadris e joelhos, fazendo a inspiração de ar no início do movimento e a expiração até o fim da posição.

Dica 2: O exercício feito com faixa elástica também é muito interessante para as aulas durante o outono/inverno. Nesta posição, os alunos buscam o fortalecimento dos músculos abdominais, como o transverso, o reto e o oblíquo. É uma ótima maneira de manter o abdômen definido e o equilíbrio corporal, mesmo durante as temperaturas frias. Para fazer o movimento, o professor ajuda o aluno a realizar a flexão da coluna, apoiando a faixa elástica nos pés. Os níveis de dificuldade do “The Hundred” vão sendo alterados com o tempo, assim como a inclusão de novos acessórios, entre os quais está o Magic Circle. É um exercício que funciona muito bem durante o inverno!

Dica 3: O saw com fitball é um exercício que promove o alongamento e o fortalecimento muscular na coluna e na coxa. Além disso, o exercício trabalha com os membros superiores de forma isométrica, incluindo os oblíquos abdominais. É um exercício muito completo, feito com o aluno sentado sobre a fitball com a ajuda do professor. Os movimentos são leves e precisos. Com poucas repetições, o aluno consegue ativar músculos que não podem ficar adormecidos.

Dica 4: O Roll-Over é um ótimo exercício para fortalecimento dos músculos abdominais. O movimento também serve para alongar os braços e a cadeia posterior. O professor auxilia o aluno a passar os pés pelo Magic Circle, fazer a flexão lombar e manter a posição de apoio na escápula. É um ótimo exercício para aumentar a qualidade de vida das pessoas!

Dica 5: O side-kick é um exercício para fortalecer o quadríceps. Outro objetivo da prática é manter o tronco estável. O treino é feito com o aluno tentando se equilibrar, sentado na fitball e utilizando o disco inflável com a ajuda do professor.

Gostou das dicas? Se você ainda não é praticante, faça estes exercícios na HT Pilates. Você pode adquirir o cupom promocional e realizar uma aula experimental!